Efemérides – 16/07

0
Artilharia brasileira em fogo contra posições alemãs na Itália, em 1944.

1212: – Batalha de Navas de Tolosa: depois que o Papa Inocêncio III convocou os cavaleiros europeus para uma cruzada, as forças dos reis Afonso VIII de Castela, Sancho VII de Navarra, Pedro II de Aragão e Afonso II de Portugal derrotam as tropas muçulmanas berberes do Califado Almóada, marcando um ponto de virada significativo na Reconquista e na história medieval da Espanha.

Soldados brasileiros, já em ação na Itália, desfrutam de uma descontraída comemoração de 7 de Setembro. 1944.

1944: – O Primeiro Escalão da Força Expedicionária Brasileira (FEB) desembarca na Itália, juntando-se aos exércitos Aliados, durante a Segunda Guerra Mundial.

1945: – O cruzador USS Indianapolis deixa São Francisco rumo à ilha Tinian, transportando o núcleo de urânio e outros componentes da bomba atômica que seria lançada sobre Hiroshima.

– Início da era nuclear: no curso do Projeto Manhattan, os Estados Unidos realizam a Experiência Trinity, detonando com sucesso uma bomba nuclear de plutônio – a primeira explosão nuclear da história.

1955: – O príncipe primaz da igreja húngara, Cardeal Mindszenty (1892-1975), é posto em liberdade pelos comunistas, mas submetido à prisão domiciliar. Foi libertado por fiéis húngaros na revolução de 1956, e se asilou no Consulado Americano.

1969: – Lançamento da missão espacial norte-americana Apollo 11, no Complexo de Lançamento 39, do Centro Espacial Kennedy (Flórida). Seria a primeira missão tripulada chegar à Lua.

2015: – Mais de um milhão de brasileiros, em 200 cidades, se manifestam espontaneamente contra Dilma, Lula e o PT.

2017: – Na Venezuela chavista, realiza-se plebiscito popular sobre uma Assembléia Nacional Constituinte, promovida por Maduro, para mudar a Constituição. O resultado foi que 98,4% dos eleitores a rechaçaram, pois daria a ele faculdades plenipotenciárias por cima dos demais Poderes Públicos do Estado, a seu bel prazer.

Deixe uma resposta