“AFP / Don MacKinnon Meng Wanzhou, executiva e filha do fundador da empresa de telecomunicações Huawei, que enfrenta um processo no Canadá”, teve seu julgamento adiado.

Meng, CEO da Huawei acusada de 13 casos de fraude e roubar informações confidenciais

Nosso site já comentou: “Em janeiro, o Departamento de Justiça dos EUA acusou a Huawei, duas companhias filiadas e Meng por 13 casos de fraude e conspiração para evitar as sanções impostas por Washington ao Irã”.

Segundo euronews.com há também a acusação de roubar “informações confidenciais do grupo de telecomunicações norte-americano T-Mobile1.

  • * * * 

“Meng está atualmente em liberdade sob fiança, mas proibida de deixar sua mansão em Vancouver. A executiva terá que comparecer no dia 6 de março no Tribunal Supremo da província da Colúmbia Britânica para iniciar o processo de extradição”. https://ipco.org.br/mais-uma-imposicao-cinica-da-china-impedir-a-extradicao-de-meng-wanzhou/

Continua a AFP: “A disputa numa Corte do Canadá pela prisão de uma executiva da empresa de telecomunicações Huawei entrou em compasso de espera nesta quinta-feira, após a decisão de uma juíza de adiar a análise do caso que coloca em lados opostos os Estados Unidos e a China.

“Washington tenta a extradição da Executiva, presa em dezembro de 2018 durante uma escala na cidade canadense de Vancouver.

Huawei acusada de espionagem

“O governo dos Estados Unidos proibiu as operações da Huawei em seu território, alegando que a empresa chinesa representa um risco de espionagem.

“Washington acusa Meng de mentir para o banco HSBC sobre a relação entre a Huawei e a Skycom, uma subsidiária que vendeu equipamentos de telecomunicações para o Irã, expondo o banco a uma possível violação das sanções americanas EUA contra Teerã”.

China não tem transparência

Na lógica dos principios comunistas do que vale um Acordo? As acusações contra a Huawei são graves. Os Acordos com o Reino Unido — sobre Hong Kong — em 1997 estão sendo violados e essa é a razão dos protestos que tomam as ruas de Hong Kong há meses.

“Trump afirmou que a China tinha concordado em parar de vender Fentanyl (opioide), mas não cumpriu e os americanos continuam a morrer por conta desse opioide”. http://tinha acordado em parar de vender Fentanyl (opioide), mas não cumpriu e os americanos continuam a morrer por conta desse opioide”.

Fonte: https://www.afp.com/pt/noticia/3958/tribunal-canadense-adia-julgamento-sobre-extradicao-de-executiva-da-huawei-doc-1o90if2

Deixe uma resposta