Força Tarefa “Eleições Ficha Limpa de PNDH-3”

    “Se você não fizer nada agora, não adiantará chorar sobre o resultado das urnas. E prepare-se para assistir nos próximos 4 anos uma transformação radical do País”,

    declarou Mario Navaro da Costa, Diretor de Campanhas do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira, ao lançar a “Força Tarefa Eleições Ficha Limpa de PNDH-3”.

    Em e-mail circular a todos os simpatizantes do Instituto e participantes da campanha contra o PNDH-3, Navarro alerta para o grave momento em que nos encontramos.

    “Se a maioria desse novo Congresso (Câmara e Senado) for composta por políticos péssimos, favoráveis às idéias monstruosas do PNDH-3, a luta será dura e perigosa nos próximos 4 anos.

    Poderemos ter – entre outras barbaridades – a aprovação do ABORTO e o Brasil ser legalmente transformado num campo de concentração de bebês indefesos, assassinados pelas próprias mães. Ou então teremos uma verdadeira PERSEGUIÇÃO RELIGIOSA contra todos aqueles que discordam de projetos que agridam a família tradicional, constituída apenas pelo casamento de um homem e uma mulher, e que serão acusados de homofobia.

    As prostitutas – chamadas de “profissionais do sexo” pelo PNDH-3 – serão equiparadas às mães de família que lutam e trabalham honestamente para suprir as necessidades dos seus. A propriedade privada também não terá garantias. E o Brasil, que hoje se destaca no mundo inteiro pelo progresso do agro-negócio, poderá ficar à mercê dos invasores de terra do MST”, conclui o Diretor de Campanhas do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira.

    O que você pode fazer

    A circular indica algumas ações que estão ao alcance de todos os brasileiros para melhorar a composição do novo Congresso Nacional:

    1) Pense bem para quem você dará seu voto. Não vote sem pesquisar seu eventual candidato, quais suas idéias, qual sua conduta política. Entre no seu site e leia tudo o que puder. Escreva-lhe perguntando sobre sua posição a respeito do PNDH-3. Se ele não estiver informado, ou lhe disser coisas evasivas, já será um mau sinal…

    2) Alerte seus amigos através da Internet, reenviando a eles este artigo e outras matérias esclarecedoras sobre os perigos do PNDH-3. Se você tiver um Blog, não deixe de entrar em “estado de campanha”. Se você tiver um perfil no Orkut ou no Facebook, faça dele o seu palanque para alertar seus visitantes. Utilize também o Twitter. É muito grande o poder das redes sociais.

    3) Divulgue os cartazes que estamos disponibilizando em nosso site. Veja que eles foram feitos em tamanho de adesivo para automóvel. Você pode recortá-los e colocar no seu carro, na janela de sua casa, no seu site, no quadro de avisos de seu condomínio ou de sua empresa. Ou então criar banners e divulgar pela Internet.

    4) Telefone aos seus amigos, fale com todos que puder. Não perca oportunidade de alertar as pessoas sobre os candidatos que favorecerão o Programa Nacional de Direitos Humanos 3. Peça-lhes que não joguem no lixo seu voto, pois essa é uma oportunidade única que temos nessa luta contra o PNDH-3.

    5) Faça sua doação financeira para dar suporte a esta Campanha contra o PNDH-3, que vive exclusivamente de ajudas honestas.

    6) Imprima as “colinhas” de eleição e anote os números de seus candidatos. Também as distribua entre seus amigos e familiares. Desta forma você os alerta sobre o PNDH-3 e ajuda a eleger políticos que não pretendem trazer para o Brasil a Perseguição Religiosa, sob pretexto de direitos humanos.