Maioria dos americanos não confia na mídia


Só 8% dos americanos depositam “grande dose” de confiança no noticiário veiculado pela mídia, revelou pesquisa Gallup, citada porCNSNews.

O número significa uma queda de 11% em relação ao ano anterior e bateu o recorde de desconfiança nos 40 anos em que a Gallup vem acompanhado as opiniões nesse ponto específico.

Desde 1972, a Gallup interroga o público: “Em geral, quanta confiançae quanta segurança você tem na grande mídia – jornais, TV e rádio – quando difundem as notícias na sua integridade, com precisão e abundância de dados: muita confiança, bastante, não muita, ou nenhuma?”.

Na pesquisa deste ano, só 8% responderam: “muita”. 32% responderam “bastante”, totalizando 40% de respostas positivas, o índice mais baixo jamais registrado.

39% responderam: “não muita”, e 21% “absolutamente nada”, somando um total de 60% de respostas negativas.

Para comparar, em 1972 18% declaravam ter grande confiança e certeza nas informações da grande mídia e 50% “bastante”, somando 68% de aprovação. O auge aconteceu em 1976, quando esse total atingiu 72%.

Os simpatizantes do Partido Democrata, de tendência esquerdista, são os que mais acreditam na mídia: 58% somando “muito” e “bastante”.

Os seguidores do Partido Republicano, de tendência conservadora, são os que menos acreditam: 26%.

Compreende-se a disparidade à luz do viés esquerdizante assumido pelo macrocapitalismo publicitário.

Aliás, este descolamento da grande mídia em relação a seus leitores naturais também vem sendo verificado no Brasil.

Ele está na base da enorme proliferação de fontes de informação alternativa, como sites e blogs da Internet, que dão voz às tendências conservadoras sociais, culturais e religiosas da sociedade real.

6 COMENTÁRIOS

  1. A mídia, quase na totalidade, é uma máquina de fazer BONECOS (marionetes), dando show de ventriloquismo. Ela diz: “Eu digo o que você deve pensar, deve fazer e deve sentir…”

  2. O ruim da grande mídia nacional e internacional é que eles querem se apresentar independentes, autonomos e sobretudo imparcial. A meu ver este último ponto é o que torna as pessoas desconfiadas, pois, ao se apresentarem como imparciais mentem, uma vez que, são de tendencia e vies esquerdistas em sua maioria. Não são confiáveis pois já de inicio mentem.

  3. Da mídia de massa, só conheço, que preste, a Veja – mesmo assim COM RESERVAS. Quando digo “a Veja”, refiro-me principalmente, e quase somente, ao colunista Católico Reinaldo Azevedo, que escreve no dito espaço, e só na versão da internet.
    Com esse sobrenome, teria ele algum parentesco com o Padre Paulo Ricardo?

  4. Aqui no Brasil,99% da mídia ou é muito equerdista ou simpatiza com a esquerda é algo realmente assustador,como a esquerda domina os meios de comunicação,poucos blogs e sites são realmente confiáveis,e um dos poucos é o IPCO!! Continuem esse excelente trabalho.Abraços.

Deixe uma resposta