Ideologia de Gênero no Plano ESTADUAL de Educação de São Paulo – Proteste já!

Família

Enquanto toda a atenção estava voltada para as votações do Plano Municipal de Educação (PME) de São Paulo a nefasta Ideologia de Gênero foi incluída também no Plano Estadual de Educação (PEE).

Voluntários da Ação Jovem do IPCO estiveram presentes em uma audiência pública convocada pela bancada do PT na Assembleia Legislativa de São Paulo no último dia 12/08 e viram o projeto que eles estão querendo impor para nossas crianças!

Faça já o seu protesto

Entenda

Os Planos de Educação (sejam nacionais, estaduais ou municipais) são documentos, com força de lei, que estabelecem metas para toda a rede de ensino seja pública ou privada nos diferentes níveis e modalidades da educação (das creches às universidades) pelo período de 10 anos!

Os estados e municípios têm de elaborar ou adequar seus planos, lembrando sempre a necessária vinculação ao Plano Nacional de Educação (PNE) que rejeitou a Ideologia de Gênero!

Planos Estaduais de Educação (PEE) – Vigilância!

Em quase todos os estados e municípios e em discordância com o Plano Nacional de Educação (PNE) os textos legislativos continham alguma menção à Ideologia de Gênero. Vendo essa manobra sorrateira, inúmeros pais e mães de todo o Brasil se levantaram contra o ensino para seus filhos desta verdadeira perversão moral!

Disponibilizamos abaixo um gráfico dinâmico com a situação dos planos municipais e estaduais de todo o Brasil

Em São Paulo a situação não foi diferente e em várias cidades a luta foi acirrada.

Na capital paulista os jovens do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira participaram ativamente de todo o processo juntamente com inúmeras famílias e associações católicas e depois de várias votações conseguiram que as menções ao “Gênero” fossem retiradas definitivamente!

Mesmo conseguindo retirar definitivamente o “Gênero” do Plano Municipal da capital não podemos permitir que ele seja incluído no Plano Estadual de São Paulo!

Por este motivo a Ação Jovem do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira está lançando uma nova campanha de envio de emails pedindo, desta vez aos Deputados Estaduais que retirem toda e qualquer menção na redação final do PEE à Ideologia de Gênero.

“Gênero”, “identidade de gênero”, “transsexualidade”, “orientação sexual”, e “diversidade sexual”, são exemplos destes termos e mesmo a “educação sexual” a qual é reservada à família e não à escola.

Mande agora mesmo, em apenas dois cliques, sua mensagem aos 94 deputados e não permita o ensino da Ideologia de Gênero nas escolas públicas e privadas do estado de São Paulo!

Faça já o seu protesto

Cadastre-se em nosso site e acompanhe a tramitação!

Estamos sempre buscando notícias e assim que tivermos maiores informações, enviaremos alertas a todos que se cadastraram em nosso site com informações mais precisas sobre a votação.

Clique aqui e veja as razões pelas quais nós devemos rejeitar essa nefasta ideologia! Aproveite e imprima o PDF deste manifesto e vá até o seu deputado exigir a retirada dessa nefasta ideologia do PEE!

Gráfico dinâmico com a situação dos planos municipais e estaduais de todo o Brasil

(O gráfico mostra apenas os estados e municípios que votaram ou não seus planos)