Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

walt-heyer-1063x597Continuam os esforços dos promotores da famigerada ideologia de gênero na tentativa de dar um cunho científico a esta teoria que não passa de uma farsa. Em artigo publicado no site  “The Daily Signal”, o Sr. Walt Heyer – pessoa que se diz ex-transgênero  -, denuncia o abuso que cometem os médicos e psiquiatras que impõem um tratamento que não resolve os problemas das pessoas com as chamadas disforia ou transtorno  de gênero. Pelo contrário, eles somente complicam. [1]

O autor do artigo se queixa: “como ex-transgênero, gostaria que o cara que me indicou para a cirurgia de gênero tivesse me alertado sobre os riscos”. Segundo ele, um estudo de 2016 constatou que mais de 50 por cento das pessoas que se submeteram à cirurgia de mudança de sexo tinham pensamentos suicidas e 45 por cento tiveram algum episódio depressivo importante.

“Os médicos são muito apressados para chegar a um diagnóstico de disforia de gênero e recomendar a terapia hormonal do sexo oposto e uma cirurgia irreversível sem levar em conta os problemas coexistentes”, reclama o Sr. Walt Heyer.

Um estudo publicado por JAMA  Pediatrics, em março de 2016, mostra o alto índice de diagnósticos psiquiátricos em um grupo de 298 mulheres, ditas transexuais, com idade entre 16 de 29 anos. Porém, não existe nenhum teste objetivo para detectar a disforia de gênero. A causa desta condição não pode ser verificada através de resultados de laboratório, de uma varredura do cérebro etc.[2]

Outros estudos realizados nos anos de 2009 e 2013 à procura de um “gene transgênero” não mostraram nenhuma anormalidade na composição genética que faz com que alguém seja transexual.  “As pessoas transexuais, nascidas com sexo masculino, são homens normais biologicamente”, concluiu.

 “Sem pesquisa suficiente e consenso sobre o tratamento de crianças diagnosticadas com disforia de gênero, qualquer tratamento invasivo, mesmo recomendado pelas diretrizes atuais, é simplesmente uma experiência. É hora de parar com experimentos com crianças”, alerta o autor do artigo. E acrescenta:  “transgêneros precisam de psicoterapia e não de acesso a banheiros unissex, chuveiros e vestiários. Culpar a sociedade pelos males das pessoas transexuais não vai melhorar o seu diagnóstico e tratamento”. (os destaques são nossos)

Diante de absurdos como os tais “experimentos com crianças”, cabe uma pergunta: a semelhança entre o método empregado pelos promotores da ideologia de gênero e aquele do médico nazista, Josef Mengele, seria simples coincidência ou fruto da mesma ideologia?

________________________

Referências:

[1] http://dailysignal.com/2016/06/09/i-wish-i-had-been-told-about-these-risks-before-i-had-gender-surgery/

[2] http://archpedi.jamanetwork.com/journal.aspx

 

Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

2 COMENTÁRIOS

  1. Ao meu ver parece que existe uma hyper ciencia em andamento tentando modificar o genero humano, vemos hoje um sem numero de jovens efeminados. Será que isto já nao é uma engenharia genetica trabalhando na surdina, no oculto? Será que as experiencias de clonagem, hoje evoluiram para mudança de genero? são muitas perguntas que pedem respostas.
    vemos isso com muito tristeza os homens querem inventar um novo ser humano, um sr humano unisex. Um ser humano flex. Acho que estamos diante de uma abominação terrivel que esta sendo construida aos poucos.

  2. A IDEOLOGIA DE GÊNERO É NAZISMO – aliás, pertencente ao mesmo esquema do comuno-fascismo – três modelos peçonhentos, filhos do mesmo pai e mãe, diferenciando-se entre si em detalhes, os quais todos são vinculados á maçonaria ou satanismo, à escolha!
    As propostas dos promotores e instigadores da Ideologia de Gênero é o uso do modo relativista de falar de “gênero” quando nos referimos ao sexo das pessoas ou ao se referir a sexo!
    Dessa forma, é bom frisar que se trata de um conceito ideológico que tenta anular as diferenças e aptidões naturais de cada sexo, sendo invencionice de zumbis de laboratorios de engenharia social, única e exclusivamente com intuito de destruir a familia, massificar a sociedade para facilmente dominá-la, metas dos globalistas para ter um povo-gado-domesticado e submisso ao sistema que pretendem implantar no mundo.
    Evidentemente, trata-se se de um bando de chantagistas, soberbos, orgulhosos e revoltados contra os planos do Senhor Deus que dispôs os sexos – homem e mulher – e não essas teorias e práticas dos conspiradores desvairados contra tudo que idem pertença ao tronco judaico-cristão e à Igreja católica.
    Assustador: uma parente minha recentemente em certa paroquia participou intensivamente de 1 curso por uma semana sobre a familia – sempre cobrava a respeito disso – nem ao menos levemente tocaram no assunto e nem sabia que era isso!…
    Parece que o diabo LACROU COM DUREPÓXI a boca de 99% os padres, mesmo bispos em homilias até hoje – raras exceções, os de sempre – que nunca versaram sobre vicios, da imodestia geral – a mulherada desnuda nas ruas e até dentro das igrejas as PROFANANDO vestidas como as prostitutas!
    Atualmente, a situação chegou a um patamar tal de ser o mesmo que desfilarmos ou residirmos nas regiões boemias – tudo faz parte do esquema alienante!
    Além disso, os clérigos se mantêem acuados, silentes com os vampiros comunistas subvertendo os cristãos na cara-dura, á luz do dia, perseguindo a Igreja, promovendo e direcionando novelas e similares programas para destruir a familia, não alertando os pais por transformarem seu lares a um clic num bordel, em que se pervertem e aos filhos…

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome