Invasão da Ucrânia: russos protestam em 50 cidades contra Putin: 1.700 prisões

1

A Ucrânia não é nosso inimigo!”

Putin é mesmo um líder inconteste na Rússia? Ele é visto, andando pelas ruas, aplaudido pelo povo?

Mais de 50 cidades em protetos populares pró Ucrânia

Protestos em São Petersburgo a favor da Ucrânia

Ajude os ucranianos a sobreviver à guerra: LifeFunder

(LifeSiteNews) – Manifestantes anti-guerra lotaram as ruas das principais cidades russas na quinta-feira, expressando oposição veemente à invasão militar em grande escala do presidente Vladimir Putin na Ucrânia.

Os relatórios indicam que os manifestantes chegaram aos milhares, com grandes protestos surgindo em dezenas de cidades em todo o país do leste europeu.

Protestos anti Putin em Moscou: centenas de presos

Vídeos amplamente compartilhados nas mídias sociais mostram muitas cidades, incluindo a capital do país, Moscou, lotadas de cidadãos russos que se posicionam publicamente contra o ataque de seu governo à Ucrânia com grande risco pessoal.

Ucrânia não é nosso inimigo!

Idosa é presa pela polícia de Putin: manifestações contra a invasão da Ucrânia

Imagens de vídeo capturadas ontem mostram a rua principal da cidade histórica de São Petersburgo cheia de manifestantes gritando “Sem Guerra!” e “A Ucrânia não é nosso inimigo!”

Os protestos seguem um apelo emocional do presidente ucraniano Volodymyr Zelensky, pedindo ao povo russo que se oponha à agressão de seu governo contra a Ucrânia.

As manifestações também desafiam as ameaças de Putin de que cidadãos russos que se envolverem em protestos contra o conflito sejam presos.

A polícia russa já enfrentou manifestantes com força enquanto o ataque à Ucrânia continua.

***

Qual o crime da Ucrânia? O País vai contra o desejo de Putin de restabelecer a Cortina de Ferro, a negreganda URSS.

Nossa Senhora, padroeira de todas as Rússias, liberte aquele grande povo das garras desse novo Hitler ou sucessor de Stalin.

Fonte: https://www.lifesitenews.com/news/anti-war-protesters-take-to-russias-streets-to-oppose-putins-invasion-of-ukraine/?utm_source=featured&utm_campaign=usa

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta