Por três décadas, o país foi sendo arrastado pelas vias da esquerdização, culminando nos treze anos de governo do Partido dos Trabalhadores, em que viu seus princípios fundamentais serem sistematicamente violados e enxovalhados. A nação foi submetida a verdadeira demolição em todos os campos, desde o psicológico e moral –destruição da família pela ampliação do aborto, pela propagação da ideologia de gênero e pela equiparação do casamento às uniões antinaturais, — até o econômico-social, ou seja, entraves à propriedade privada e à livre iniciativa, por uma velada estatização da economia, do ecologismo radical, pelo favorecimento da luta de classes, e condenação das massas à inação pelo populismo.

Depois desse longo trauma, o país começava a dar mostras alentadoras de soerguimento, de recomposição em meio aos destroços das instituições. Libertado da tirania vermelha, via desfraldar-se de novo seu pendão verde-amarelo, apontando outra vez para um futuro promissor.

Entretanto, com o alarde midiático repentino de denúncias da maior gravidade direcionadas ao chefe do Estado, seu soerguimento se vê uma vez mais ameaçado.

No último dia 24/05/2017 militantes esquerdistas invadiram, depredaram e incendiaram alguns andares de prédios de alguns Ministérios na Esplanada em Brasília. Foto: G1

A quem interessa consumar a obra da demolição, lançando o país no caos e na anarquia?

É singular a precipitação com que mídia, políticos oportunistas e mesmo juristas e instituições de renome pedem a imediata destituição do atual governo, com base em acusações ainda não devidamente analisadas, sendo a principal delas feita em circunstâncias no mínimo suspeitas.

Sem entrarmos no mérito da acusação, desejamos chamar a atenção sobre a necessidade de se tomarem decisões com serenidade, sem correria nem atropelo dos princípios fundamentais de justiça.

O Brasil ordeiro e pacífico desconfia desse açodamento político-mediático, propugnador de medidas traumáticas, alimentado por uma esquerda rancorosa que não consegue embair o povo com a bandeira da luta de classes tão contrária à nossa índole.

Neste terceiro centenário do descobrimento da imagem da Virgem-Mãe Aparecida, o Instituto Plinio Corrêa de Oliveira, e com ele os milhões de brasileiros,  suplicamos à Nossa Padroeira se digne velar maternalmente pela Terra de Santa Cruz, para que ela cumpra integralmente os desígnios da Divina Providência.

 

5 COMENTÁRIOS

  1. A crise foi provocada pelas esquerdas, percebendo que o povo muito já foi subvertido pelas ideias do marxismo, perdeu bastante a fé católica e se atolou nas ideologias, portanto bem mais fácil de ser dominado, sendo que comunismo é satanismo, o diabo sabe onde, a quem e quando é hora de aparecer!
    Oportunistas como são os comunistas, que fez de proveitoso aos país o maldito PT em quase 14 anos de desgoverno marxista senão perverter as mentes e surripiar a nação?
    Por exemplo, que deram aquelas conversas entre Lula e Dilma de parte deles senão vociferarem que não poderiam ter sido divulgadas, por serem segredos de Estado(administrado por bandidos)?
    No entanto, as dos desafetos alardeiam, podem, devem, agindo esses delinquentes comunistas de forma seletiva, da mesma com os “direitozumanos”, aptos apenas para defenderem os bandidos do partido e associados!
    Bem verdade, se tudo isso aconteceu não foi sem o aval de nossos religiosos, desde a CNBB que sempre apoiou os comunistas, assim como os empresarios da fé, proprietarios de grandes seitas protestantes, ávidos pelo deu$ dele$, o qual é fundamental para que as empresas deles alcancem polpudos dividendos e conquistem muitos novos clientes!
    Aliás, se nossos bispos e sacerdotes atacassem os comunistas, sairam daqui rapidamente enxotados como cães sarnentos, mas pareceria que diversos ou muitos estariam omissos e/ou coniventes para com eles, quer pelo silencio em relação as suas investidas, quer por não os denunciar ao povo ou lhes sendo facilitadores de imposição de suas diabólicas ideologias!

     
  2. Luis Alberto Pereira, concordo plenamente com você. Os políticos que foram postos no Congresso Nacional por nós mesmos, continuam agindo de forma corrupta, não só surrupiando o dinheiro do Estado, más também surrupiando a dignidade do trabalhador brasileiro. Você diz com plena verdade que um dono de empresa nunca irá manter um trabalhador na área energética para subir em escadas com idade de 60 anos ou mais. Esse trabalhador não possui as mínimas condições de garantir um atendimento correto na execução dos serviços.

     
  3. O IPCO é uma dos que merece respeito e ser divulgado, pelo conteúdo desapegado de sofismas, retratando a realidade com o linguajar fácil de se entender. Parabéns.

     
  4. Concordo em falar sobre o pt que realmente disse a verdade . Discordo em gênero número e grau em defender este outro saralapo que quer nos tirar direitos de trabalhos aposentadorias .
    Não dando estabelidade de empregos
    Haja visto que um dono de empreiteira por exemplo no campo energético se irá manter um senhor subindo em uma escada sobre um poste aos 60 anos de idade. Se há jovens no mercado de trabalho para efetuar o mesmo serviço. Produzindo três vezes a mais ao dia.
    Pense nisso.

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome