Leonardo Boff discursa em ato-pró-Dilma
(Foto: Leonardo Boff discursa em ato-pró-Dilma, 18/10/2010)

Em entrevista para o Los Angeles Times, Leonardo Boff conta à jornalista Paula Gobbi que em 1984 sentou-se “na mesma cadeira onde sentou Galileo Galilei e Giordano Bruno” e narra de maneira dramática como ocorreu, a seu ver, o “processo judicial junto a ex-Inquisição presidida pelo Cardeal J. Ratzinger”.

“Sou profundamente pela liberdade de expressão em nome da qual fui punido com o ‘silêncio obsequioso’ pelas autoridades do Vaticano”, disse em artigo de sua autoria para a Adital.

Recentemente, em vídeo gravado por um grupo de conservadores, Leonardo Boff volta a falar em condenação na Instância Eclesiástica, mas agora não de modo crítico.

Para ele o “pequeno grupo de bispos conservadores e reacionários desobedeceram a determinação básica da CNBB, tomada universalmente, em maio, de que a Igreja como sempre não deve se meter em política, mas Ela tem uma função pedagógica de despertar a consciência e discutir os projetos e deixar em liberdade o voto.

“Porque o voto é uma questão de cidadania e liberdade. Esses [os bipos reacionários], não, eles colocaram o documento deles duma forma que quem o lê-se era a CNBB, quando era a CNBB na Seção sul 1 e era uma subseção da Sul 1. Fundamentalmente o bispo de Guarulhos em outros dois. Eu achei uma manipulação. Um crime eleitoral. E que deviam ser denunciados em duas instâncias, na Instância Eclesiástica e na Instância Civil.

Perguntado sobre o conteúdo do texto divulgado pelos bispos da Regional Sul 1, Boff respondeu que seu juízo não era pelo que o documento dizia, mas por “usarem a religião para efeito político partidário. Isso eu acho que é ilegítimo.

Recentemente outro bispo – será? – deve ter entrado na lista de condenações do Boff. Trata-se do Bispo de Caçador, SC, que divulgou uma carta em apoio a Dilma.

No final do vídeo, Boff começa a mudar de tom quando percebe que seus entrevistadores não pertenciam ao seu “mundo plural”, mas pertenciam ao “submundo político” dos conservadores. Encerrou com uma boffetada na câmera que estava gravando.

Assim é o teólogo que na entrevista ao Los Angeles Times criticou o então Cardeal Ratzinger por não possuir “a cordialidade do pensamento que vai ao encontro do outro para também aprender.”

14 COMENTÁRIOS

  1. Caro Mozart, você contexta com boa educação. Gostei ! A diversidade de idéias e opiniões enriquecem bastante este espaço. Meu amistoso abraço !

  2. Meu caro Anacleto, afirmações gratuitas, infundadas perdem o valor que poderiam ter. È pena, pois eu queri ler um comentário lúcido, imparcial Mas eu conheço poucas pessoas que somam tanto como Leonardo Boff. è um verdadeiro agente de transformação, tanto no âmbito nacional como no âmbito mundial.

  3. Cristo e a Igreja de Roma têm muito pouca semelhança. Jesus Cristo veio para os pobres, para os menos favorecidos, para os sofredores, para os injustiçados. Envolveu-se com eles,meteu-se entre a ralé por amor e para elevá-la. Em troca de quê? Da perseguição dos Sumos Sacerdotes, dos escibas e fariseus, que o levaram ao patíbulo da Cruz.Como comparar a Pessoa de Jesus e dos Apóstolos com o Sumo Pontífice e os bispos e cardeais, prin, cipes da igrja atual? Entre estes, rola a pompa, a riqueza e a mordomia, o autoritarismo, e o poder.O desrespeito à liberdade, o maior dom deixado por Deus aos seus filhos bem-amados, sem distinção entre bons e maus,poderosos e humildes, sábios e ignorantes. A Igreja Romana precisa retornar às origens, recristianizar-se para ser digna representante e continuadora de Cristo,na Terra. Enquanto Cristo se alinhava ao lado e no meio dos pobres, a Igreja,pela sua hierarquia, não consegue se afastar das elites e dos poderosos. Sua atração pelo poder ( quase empre podre ) é irresistível.Como Cristão, tenho a lamentar a desfiguração de nossa Igreja, não do POVO DE DEUS.

  4. Frei Leonardo Boff, D. Pedro Cassaldaliga, Frei Beto e tantos outros são os verdadeiros cristãos do seculo XXI, o resto, estes bispos e padres onservadores são o resquicio da inquizição nos dias atuais, para eles bom seria se voltasse a época medieval onde a alta hierarquia da igreja aliada com a nobreza da época ,escravizava o povo tanto fisicamente como mentalmente, com suas ameaças de fogo eterno , maldições etc… O que querem estes abutres com as injurias que fazem contra o L. Boff e outros? Pensam que o povo ainda é ignorante ou desinformado sobre a verdadeira história da Igreja Católica, que de cristã tem cada vez menos, esta mais para partido monarquico ou coisa parecida, que odeiam operarios e agricultores pobres, que só se interessam por dinheiro e pompas junto com a granfinagem.

  5. Sábias palavras José Antonio. Não dá realmente para entender que uma pessoa como esse tal Leonardo Boff seja considerado humano, pessoinha asquerosa, totalmente oposta aos conceitos Divinos. Nada como um dia após o outro.

  6. leonardo boff, um psicopata doidivana, teólogo da libertação cujos escritos e dizeres me espantam sempre, tamanha a subversividade. Um excroto imoral, graças a Deus foi excomungado, quiçá outros tantos coleguinhas dele de ideologia fossem tbm, isso eu aguardo que aconteça pois a fumaça de satanás já está virando fogo em labaredas na nossa Igreja, isso não pode continuar. Esse sujeitinho tenta difamar o Papa Bento, ora vejam só, alguém do intelecto, da inteligência, da humildade e da fé de Bento XVI. Muito nojento ouvir esse leonardo boff.

  7. @ANTONIO LUIS DOS SANTOS

    É claro que você é a favor do Boffetada, você não é cristão, se fosse, entenderia que a Bíblia É TOTALMENTE CONTRA O ABORTO!, mas só cristão entende isso. Ateus e desorientados como vc são o joio do mundo, e ainda acham que sabe alguma coisa, querem dar opinião na Igreja sem ao menos ler a bíblia. Entra pra igreja dele então seu mané e pare de falar abobrinha.

  8. NÃO ENTENDO COMO ALGUEM AINDA TEM CORAGEM DE ENTREVISTAR UM IDIOTA DESSES – O TAL BOFFFFFETADA.
    É COM MELIANTES DESSE TIPO QUE DEVEREMOS ESTAR VIGILANTES, POREM NÃO DARMOS A OPORTUNIDADE DE FALAR ASNEIRAS.
    ESSE PESSOAL DO BLOG FOI COTAJOSO E NOCAAUTEIO O COITADO, QUE NEM SABE O QUE QUER E PARA QUE FIM, POREM NOS SABEMOS QUE ISSO TUDO É CRIA DO COMUNOSOCIALISMO POLITIQUEIRO, QUE NUNCA DEU CERTO NO UNIVERSO.

  9. Acreditar é monótono. Duvidar é apaixonante. Ficar alerta é fundamental”.
    Oscar Wilde
    Refletindo hoje sobre estas palavras universais de Oscar Wilde, podemos trazer para a nossa realidade que devemos ter em mente as 3 hipoteses, a da crença, da dúvida e da vigilia. Devemos duvidar das verdades atuais apresentadas, pois assim sendo a verdade se sobressairá porque se legitima será também transcendente, mas para se saber de suas nuances transcendentais será necessario observar de onde se encontra para onde ela se sublimar. Sem vigilancia não se percebe diferença alguma. E que vivam os nossos atalaias e vigilantes de plantão, como os pastores que viram uma noite diferente da noite radiosa do Nascimento do Menino Jesus, a Verdade do Natal. Leonardo Boff lembra um pouco com sua barba branca o Papai Noel da Coca Cola, mas não nos iludamos. Papai Noel é papai noel e não São Nicolau, idealizador da caridade de Natal, da qual se aproveitou a coca cola para sua midia. Parabéns aos que abordaram a fera Boff para nos mostrar de que lado estamos e que devemos permanecer indefinidamente contra o Lula-petismo, contra o Boffismo e FreiBetismo, amigos da anarquia.

  10. CONCORDO PLENAMENTE COM LEONARDO BOFF, A IGREJA ESTÁ SE ENVOLVENDO EM UMA ÁREA, QUE NÃO PERTENCE A ELA, EM VEZ DE FICAR SE ENVOLVENDO EM POLITICA, POR QUE
    NÃO DEIXAM OS PÚLPITOS E VÃO AO ENCONTRO DOS PROBRES PARA EVANGELIZAR, AGORA
    QUEREM MORDOMIAS, CANTAR, ANDAR EM CARRÕES É ISSO QUE SE VÊ PADRE NA MAIOR MORDOMIA E OS BISPO ESSES NEM SE FALAM, SÃO VERDADEIROS FANFARRÕES. ACHO ESSE
    TAL DE INSTITUTO PLINIO CORREA, CASTRADOR, QUEREM TIRAR O DIREITO DE IR E VIR,
    ACHO QUE ALIENA MUITO OS JOVENS.

  11. lEONARDO BOFF, capelão do PT, está deslocado das funções religiosas, embora a ordem recebida na Igreja – tu és sacerdote segundo a ordem de melquisedec – concorra para a eternidade, não merece ser ouvido, pois o “silencio obsequioso” a ele imposto foi necessária pois queria já naquela época instalar mais um cisma na Igreja Católica. Para dar sequencia ao intento subjetivo de implantar a sua “teologia da libertação” – que está mais para libertinagem – sem mesmo saber do estaria se libertando, preferiu sair das fileiras eclesiastica e se ingressou na política socialista/comunista, indigna até dos países marxista/narconazista. Pelo jeito de nada lhe valeram os estudos teologicos que fizera no seio do cristianismo, para tornar-se elemento nocivo à sociedade democratica e à civilização cristã quer seja tradicional e conservadora – raizes de sustentação – quer seja da tal igreja modernista. Como tudo no mundo vem para ficar, como a cizania semeada entre o trigal – devemos tentar conviver com mais esta praga até os fins dos tempos. Que Deus nos ajude a compreender os Senhores Bispos que se levantaram como vigilantes contra essas ameaças que o Papa finalmente ouviu e veio em socorro deles com aquele pronunciamento. Infelizmente não foi a tempo que chegou, nem sei se ouviram a Voz do Pastor, se tivessem escutado, o resultado teria sido outro sem duvida alguma.

    Acreditar é monótono. Duvidar é apaixonante. Ficar alerta é fundamental”.
    Oscar Wilde
    Refletindo hoje sobre estas palavras universais de Oscar Wilde, podemos trazer para a nossa realidade que devemos ter em mente as 3 hipoteses, a da crença, da dúvida e da vigilia. Devemos duvidar das verdades atuais apresentadas, pois assim sendo a verdade se sobressairá porque se legitima será também transcendente, mas para se saber de suas nuances transcendentais será necessario observar de onde se encontra para onde ela se sublimar. Sem vigilancia não se percebe diferença alguma. E que vivam os nossos atalaias e vigilantes de plantão, como os pastores que viram uma noite diferenta da noite radiosa do Nascimento do Menino Jesus, a Verdade do Natal. Leonardo Boff lembra um pouco com sua barba branca o Papai Noel da Coca Cola, mas não nos iludamos. Papai Noel é papai noel e não São Nicolau, idealizador da caridade de Natal, da qual se aproveitou a coca cola para sua midia. Parabéns aos que abordaram a fera Boff para nos mostrar de que lado estamos e que devemos permanecer indefinidamente contra o Lula-petismo, contra o Boffismo e FreiBetismo, amigos da anarquia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome