Maomé é o nome mais atribuído a crianças na Grã-Bretanha

Somadas as suas diversas transliterações, Maomé é o nome de criança com maior número de registros na Inglaterra e Gales em 2016.

O nome mais frequente é Oliver, caso se considere a identidade de grafia, segundo o site “Quartz”. 

Maomé pode ser registrado como “Muhammad”, “Mohammed” ou “Mohammad”, além de outras formas. Todas as variantes somadas fazem de Maomé o nome mais atribuído em 2016, segundo os dados do Office of National Statistics britânico.

Faz alguns anos que a predominância do nome Maomé se repete, superando nomes ingleses muito populares como Harry, Jack, Eric/Erik, Hanna/Hannah, Sean/Shaun e Oliver.

7.084 crianças foram registradas com o nome de “Maomé”, e 6.623 com o de Olivier.

O Office esclarece que “as estatísticas são baseadas na ortografia exata indicada no certificado de nascimento”, informou o site Francetv.info. 

A casuística é reveladora. O expansionismo islâmico sonha com a ocupação da Europa através da imigração e muitos filhos.

As mudanças populacionais ameaçam a sobrevivência dos povos europeus, que além da invasão islâmica estão sendo corroídos pela imoralidade dos costumes que os leva a limitar a natalidade.