Nem Belzebu nem Satanás; nem globalismo nem Putin

0

Conservadores ingênuos, ou simplificadores, certamente influenciados por líderes da direita falsa (ou falsa direita) caem na armadilha da falsa opção: entre o globalismo e o regime autoritário de Putin pendem para esse último. Outros chegaram a afirmar que o autoritário líder russo é um baluarte do consevadorismo: Putin seria conservador.

Não procuremos falsos salvadores: fiquemos com o único Salvador e sua Mãe Santíssima

Confusão, arma de Satanás

A Confusão é um recurso do príncipe das trevas quando está na iminência de perder uma batalha.

Comenta o Prof. Plinio: “Sempre que o demônio está na iminência de perder uma partida, sua grande arma é a confusão.”

Vejamos o exemplo histórico — aplicação do método da confusão — de como foi elaborada a falsa solução nazista para se contrapor à decadência das Nações liberais.

Putin não é apresentado como solução para a nova decadência do Ocidente?

De como se fabricou a falsa opção do nazismo

“A História talvez diga, algum dia, em que antros o plano tenebroso (da falsa direita) se forjou. Mas o fato é que, para atender aos anseios das massas sedentas de civilização cristã, apareceu na Alemanha um partido logo copiado em outros lugares, que se propunha a implantar um novo mundo cristão. À primeira vista, nada mais simpático do que o nazismo, movimento místico-heróico, propugnador das tradições da Alemanha cristã e medieval, contra a dissolução demagógica e corruptora da propaganda bolchevista”, comenta o Prof. Plinio, essa foi a versão midiática do nazifascismo, em seu lançamento.

Continua: “Os termos meramente negativos da doutrina nazista correspondiam em vários pontos com o que se sentia de mais vivo na consciência cristã, indignada com o enfraquecimento do princípio da autoridade, da ordem, da moral e do direito.

“Mas, se se atentasse para o lado positivo dessa ideologia, lado que só aos poucos a maquiavélica propaganda parda revelava aos “iniciados”, que terrível decepção. Ideologia confusa, impregnada de evolucionismo e materialismo histórico, saturada de influências filosóficas e ideológicas pagãs, programa político e econômico radical e caracteristicamente socialista, intoleráveis preconceitos racistas.

“Em uma palavra, por detrás dos bramidos anticomunistas do nazismo, era o próprio comunismo que se pretendia restaurar. Um comunismo ardiloso, de máscara cristã. Um comunismo mil vezes pior, porque mobilizava contra a Igreja as armas satânicas da astúcia, em lugar das armas inócuas e impotentes da força bruta. Um comunismo que começava por empolgar os espíritos por algumas verdades, punha-os em delírio sob pretexto de entusiasmo por essas verdades, e os atirava em seguida aos erros mais terríveis. Um comunismo, portanto, que significava, não a obliteração dos maus, mas dos bons, a mais terrível máquina de perdição e de mistificação que o demônio tenha engendrado ao longo da História.https://www.pliniocorreadeoliveira.info/LEG_450513_AEXPERIENCIADE10ANOSDELUTA.htm#.YkHWv-fMKMo

Resumimos assim:

  • Havia um anseio de setores da população para o conservadorismo na década de 30;
  • ao mesmo tempo o fracasso das potências liberais do Ocidente cristão;
  • falsa solução: a ideologia confusa do nazismo, misticismo, ressurgimento dos deuses pagãos da Alemanha, culto da força.

A História se repete: Falsa Opção, Putin Vs. Globalismo

A nosso ver a falsa opção se põe novamente para os conservadores: Globalismo ou Putin.

A isso respondemos que não temos que escolher entre Satanás e Belzebu. Fiquemos com Nosso Senhor Jesus Cristo que é o Caminho, a Verdade e a Vida; fiquemos com a Santa Igreja e seu Magistério perene.

  • Há um anseio de setores da população de conservadorismo;
  • Putin (e outros) se levantam contra o Globalismo e aspectos da dissolução do Ocidente;
  • Doutrina putinista é confusa, expansionista e, segundo alguns, gnóstica;
  • Conservadores se hipnotizam por aspectos putinistas e entram no barco da “falsa direita”.

O que recomendou Nossa Senhora em Fátima?

Conversão, contrição, emenda de vida. Comunhão Reparadora dos cinco primeiros sábados. Consagração da Rússia ao Imaculado Coração de Maria: eis indicado, por Nossa Senhora da Fátima, a necessidade da reforma do Ocidente. A degeneração da família, o aborto, a revolução cultural, o ecoterrorismo, o culto idolátrico da natureza são males do Ocidente que apostatou de sua missão histórica.

O contrário do Globalismo é a Civilização Católica. Esta, ensina São Pio X, não está para ser reinventada. “a civilização “é tanto mais verdadeira, mais durável, mais fecunda em frutos preciosos, quanto mais puramente cristã; tanto mais decadente, para grande desgraça da sociedade, quanto mais se subtrai à idéia cristã. Por isto, pela força intrínseca das coisas, a Igreja torna-se também de fato a guardiã e protetora da civilização cristã”. https://www.pliniocorreadeoliveira.info/RCR01.pdf

Jamais será a doutrina da Igreja Ortodoxa, firme aliada de Putin na agressão contra a Ucrânia, a salvadora da Humanidade.

O apoio da Igreja Ortodoxa ao comunismo está patenteado por décadas, vejam-se os artigos publicados em nosso Site. https://ipco.org.br/a-igreja-ortodoxa-no-water-shoot-iii/

A missão do Brasil

Longe das falsas opções, contra o Globalismo socialista e contra o putinismo expansionista e autoritário se ergue o Brasil, Terra de Santa Cruz.

Nossa Missão histórica é servir de modelo às Nações, em defesa dos Valores Morais, dos princípios da Lei Natural, da Tradição, da Família e da Propriedade.

Estejamos à altura de nosso dever histórico: nossas alianças são em defesa da Lei Natural, da soberania, do Direito Internacional.

O cimento que unirá os tijlos da nova Civlização são os Mandamentos da Lei de Deus, o Magistério infalível da Santa Igreja.

Nossa Senhora Aparecida proteja o Brasil e o livre das falsas seduções das pseudo-direitas. Da esquerda, creio, já aprendemos a nos defender.

Não procuremos falsos salvadores: fiquemos com o único Salvador e sua Mãe Santíssima

Pretendemos voltar ao tema e mostrar por que razão as falsas opções podem seduzir a muitos que estão no campo conservador.

Deixe uma resposta