Boko-Haram
Membros da seita muçulmana Boko-Haram.

ROMA (ACI/EWTN Noticias) – Vários atentados com explosivos ao norte da Nigéria realizados em 29 de julho, atribuídos à seita extremista muçulmana Boko Haram, produziram a morte de pelo menos 12 pessoas, em uma zona habitada principalmente por cristãos.

O Bispo de Kano (Nigéria), Dom John Namaza Niyiring, assinalou à agência vaticana Fides que “ontem à noite, entre as 20h e 21h, houve pelo menos três explosões que causaram várias mortes e feridos, mas ainda não sabemos exatamente o número de vítimas”.

Os ataques, assinalou o Prelado, “aconteceram em Sabon Gari, que significa a cidade nova”. Esta é zona de residência principalmente de cristãos.

Os atentados foram atribuídos ao Boko Haram, apesar da operação militar realizada pelo governo para combatê-la, incluindo o estado de emergência decretado em maio em três estados do norte da Nigéria.

Conforme informes da imprensa local, o exército deteve quarenta supostos integrantes da seita de extremistas muçulmanos, enquanto as autoridades se mantêm em alerta ante eventuais novos ataques ao final do Ramadã, o mês sagrado de jejum do Islam.

2 COMENTÁRIOS

  1. Assisti pela internet a magnífica luta de voces em defesa da igreja, da família e também deixando muito claro, a devoção especial a Nossa Senhora, que voces tanto pede proteção. Gostaria também que voces saibam que apesar de não estar aí perto, pedirei em minhas orações e comunhões, uma graça, uma insistência a mais a N.Senhora, por uma especial proteção a todos voces.

    • Obrigado Silvio Hernany, suas orações são muito importantes para que esta luta prossiga. Orações e sacrifícios foi o que Nossa Senhora em Fátima pediu, ademais da mudança de vida. Sem oração e sem conversão há o perigo do imenso castigo cair sobre a humanidade pecadora. Ou a pior das situações, que é a permanencia dos homens no pecado e consequente perdição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome