O manto de Nossa Senhora do Bom Sucesso

0

Excertos de conferência de 17 de agosto de 1983

(Membros da TFP equatoriana entregam ao Prof. Plinio um manto que fora colocado na imagem de Nossa Senhora do Bom Sucesso, Quito)

 

Eu recebo esse envio encantado e comovido. Nunca imaginei receber uma coisa dessas, de tanta significação, de tanto valor simbólico, religioso, sobrenatural, etc. Nunca imaginei. Diga-se, entre parêntesis, de um valor estético muito grande também, muito bonito, uma coisa magnífica.

(Pergunta: O Sr. poderia dizer algo sobre o significado do manto?)

O manto, pela forma, dá a seguinte idéia: imaginem uma pessoa, uma dama que anda num salão, ou num corredor proporcionalmente suntuoso, e anda com um manto desse. Ou o manto se arrasta delicadamente sobre os tapetes, ou o manto é levado por lacaios, ou por senhoritas de honor.

De qualquer maneira, que impressão se tem? É que da pessoa que porta esse manto emana tanta grandeza, tanta importância, tanta dignidade, tanta respeitabilidade, que quando ela passa deixa atrás de si como que um séqüito de efeitos morais, de conseqüências, de influências favoráveis, um rastro de beleza, que é o próprio dela e que ela irradia em torno de si.

O manto simboliza, por essa forma, a importância do personagem, a dignidade e, no caso de Nossa Senhora, a santidade do personagem. Por onde Ela passa, a Virgem Mãe, como que deixa impregnado de branco, dourado, de todo lado. E na sala que Ela deixa, à medida que Ela sai, vai ficando alguma coisa que impregna: Nossa Senhora por ali passou! Não tem mais nada que dizer. Esse é o simbolismo de todo manto. E nesse aqui nós sentimos bem isso. Vejam a dignidade! Com que imensidade caem esses tecidos até este extremo, e de que alto que cai, não é? Para ver assim, lembra um pouquinho uma queda d’água muito nobre. Imaginem uma queda d’água abundante: é uma coisa extravagante e maravilhosa! Então, assim nós podemos ter uma idéia.

Bem, meus caros, com isso “fugit irreparabile tempus!” (o tempo foge irremediavelmente). Uma reunião bem aproveitada é como o manto: passa por nós, vai embora e deixa seus efeitos. Nós poderíamos rezar as orações do Grupo em louvor de Nossa Senhora do Bom Sucesso, na presença do manto, e assim encerramos a nossa conversinha de hoje.

Salve Regina, Mater Misericordiae… (depois são rezadas 10 jaculatórias a Nossa Senhora do Bom Sucesso).

Fonte: https://www.pliniocorreadeoliveira.info/DIS_SD_850202_Nossa_Senhora_do_Bom_Sucesso.htm

Deixe uma resposta