Por efeito da Midia a opinião pública passou a considerar no Nazismo, sobretudo seu aspecto totalitário, cruel e ditatorial.

Ora, como todo movimento ou ideologia nascidos sob o bafo da Revolução (*) o nazismo é essencialmente igualitário, nivelador, massificante. E o comunismo também: suprime as elites, destrói o que é elevado e promove a ditadura do proletariado (não se confunde com o Povo).

As declarações de Rosenberg, 1940

Vejamos um exemplo concreto, comenta o Prof. Plinio:

“Não faz muito tempo, tivemos ocasião de comentar certas declarações de Rosenberg, em que o doutrinador do nazismo declarava que a atual guerra, com a vitória da Alemanha, iria ser a morte do “gentleman”.

“Dizíamos então que a Inglaterra poderia ser combatida e odiada por muitos motivos, menos por aquilo que caracteriza o “gentleman”, e que é a permanência de um fruto do Catolicismo através de tantos séculos de dominação protestante.

O Nazismo é filho da Revolução

“Assim, o nazismo denunciou um aspecto profundo de sua ideologia, que é a sua filiação à monstruosa corrente revolucionária, que agita o mundo desde a Renascença.

“Embora muitas vezes o sr. Hitler pudesse parecer o chefe de um movimento de restauração social, tudo não é mais do que aparência e burla, pois que este movimento é radicalmente igualitário, e tem por fonte de seu dinamismo um ódio visceral a tudo o que é elevado, nobre e superior.

“É por isso que Rosenberg não achou outra coisa a odiar na Inglaterra a não ser o “gentleman”, isto é, uma pessoa delicada e de boas maneiras, que representa indubitavelmente uma vitória da racionalidade sobre a animalidade humana.

Mais adiante o Prof. Plinio acrescenta que é um desígnio da Revolução estabelecer o igualitarismo e nivelar por baixo:

“… um rolo compressor, que vai comprimindo as sociedades e as vai transformando em massa homogênea, em que o homem não é mais do que um valor numérico, e em que uma só coisa resta de pé: o Estado Totalitário, o ídolo arrogante, sanguinário e abominável de nossos tempos.

“Tudo quanto representar algum valor qualitativo deverá desaparecer. “Lilia pedibus destrue”, destruí os lírios com os pés! Esta é a senha revolucionária, senha satânica, como também satânica é a Revolução.

A dignidade humana vem da imagem e semelhança com Deus

“E assim vemos o progredir desta obra diabólica, que consiste em fazer submergir a eminente dignidade da pessoa humana, imagem de Deus, na imunda “camaradagem” bolchevista. Mas Deus rir-se-á deles [“Qui habitat in coelis irridebit eos”, Ps. 2,4], dos fautores desta obra de perdição”. ttps://www.pliniocorreadeoliveira.info/LEG_400901_nazismo_e_igualitarismo.htm#.XiEVa8hKguU

 * *  *

  • Temos aqui uma preciosa indicação aos Contra Revolucionários do século XXI, nós que trabalhamos pela reconstrução do Brasil: a vulgaridade, a massificação, o nivelamento (acabar com as harmônicas e justas desigualdades) são essencialmente revolucionários e contrários à dignidade humana, criada à imagem e semelhança de Deus.
  • Esse ponto é de tal importância que voltaremos à ele: a desigualdade é sempre um mal? a igualdade é sempre um bem?

(*) Veja aqui o conceito de Revolução; baixe o livro gratuitamente  https://pliniocorreadeoliveira.info/RCR.pdf

Afinidades nazismo-comunismo https://ipco.org.br/nazismo-e-fenomeno-de-esquerda-afinidades-doutrinarias-com-o-comunismo-ii/

 

Deixe uma resposta