Plinio Corrêa de Oliveira

Nilo Fujimoto

A propósito da parada havida na Av. Paulista, pode-se perguntar: essas manifestações de “orgulho” homossexual patrocinadas pelo poder público corresponderão ao que se convencionou chamar o caráter laico do Estado brasileiro?

O Prof. Plinio Corrêa de Oliveira em artigo intitulado “A ciência e o indiferentismo religioso” publicado em 13/07/19301 em “O Legionário”, então órgão oficioso da Arquidiocese de São Paulo, demonstra que “não se admite cientificamente que o Estado seja agnóstico ou indiferente em matéria religiosa.

Se a sua função é promover a felicidade geral e esta é fortemente condicionada pelas crenças religiosas da maioria da população, segue-se que quanto mais o estado se aproximar desses conceitos da maioria mais se aproximará de seu fim. Um Estado agnóstico é pior que um estado confessional, ainda que de religião não católica”.

Ora, vários anos se passaram, mas a maioria dos brasileiros ainda é de confissão cristã. Se devemos individualmente prestar adoração a Deus, devemos também prestar-Lhe este culto publicamente uma vez que vivemos em sociedade.

Ora, o que se está fazendo é exatamente o contrário. O argumento de que o poder público, incentivando a promoção desses eventos, trará incentivo ao turismo, o que conseqüentemente reverterá em renda para a cidade, não é convincente. Não se pode ofender a Deus sob pretexto de conseguir dinheiro.

É desconcertante saber que o Ministério do Turismo e a Prefeitura de São Paulo patrocinam quem discrimina a maioria centrista e conservadora: “Votar contra a homofobia é dizer um basta às imposições de uma classe conservadora, que defende valores arcaicos, baseados unicamente em interesses próprios e sem visão democrática”, afirma Alexandre Santos, o Xande, presidente da Associação da Parada.” 2 Como fica claro, tenta impor a aceitação de  seu modo de vida, contrário à doutrina cristã, a quem com ele não concorda.

“Já passamos da fase da visibilidade”, afirmou Manoel Antonio Ballester Zanini, tesoureiro da Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo (APOGLBT). “O que a gente percebe do movimento é que está havendo um certo cansaço pela não resposta”, acrescentou, referindo-se à pretensa discriminação sofrida por homossexuais.’ 3 Com o tema “Vote contra a homofobia: Defenda a cidadania”, a manifestação procurou incentivar o voto a candidatos da próxima eleição que aprovem leis contra a homofobia. Isto é que criminalize aqueles que têm posição contrária à deles.

O saldo dessas manifestações ficará por conta dos que constituem a maioria deste imenso país: se não lutarem, serão derrotados. Pois, segundo a máxima ditada por Mao Tsé-tung: “O inimigo avança, recuamos. O inimigo cansa, provocamos. O inimigo acampa, fustigamos. O inimigo se retira, perseguimos!”4

Daí vemos nascer um dever de consciência de não recuar e sim lutar contra tais pretensões, pois eles esperam a nossa inércia para depois nos perseguir. Faça isso.

Notas:

1 – http://www.pliniocorreadeoliveira.info/LEG%20300713_Aciênciaeoindiferentismoreligioso.htm

2 – http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/sp/parada+gay+tem+reforco+de+14+mil+policiais/n1237654370821.html

3 – Do G1 SP o5/06/2010 , Parada Gay  deve reunir  3  milhões  de  pessoas  na  Avenida Paulista

4 –  Afonso  Machado: http://www.metro.org.br/afonso/mao-tse-tung-%E2%80%93-frases

Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

 

4 COMENTÁRIOS

  1. Onde está o artigo de Plinio Corrêa de Oliveira? Gostaria de lê-lo e não encontrei o link. Pode ser que ele conste do site, mas não está fácil de achar. Parabéns pela matéria. Então a prefeitura do Sr. Kassab está abrigando movimentos homossexuais? Lindo, isso, não? De um lado o PT, de outro a “oposição” DEM, jogando o mesmo jogo do PT. A população católica que vá às favas, não é?

     
  2. Penso qu encontramos aqui alguns pontos de resistencia contra os que apoiam politicamente a “homofobia” em que se manifestam suas opiniões ao mesmo tempo contrarias a religião.
    E isso é apenas o inicio de nossa batalha, uma vez que foi aprovada a ficha limpa, devemos limpar também o cenário politico.
    E como disse Mao Tse Tung, agora é hora de prosseguir a partir do 2 ìtem de seu pensamento e de ocupar o lugar 1, nessa ordem.

     
  3. Magnífica a análise de Plinio Corrêa de Oliveira. Como sempre, lógica irrefutável e ortodoxia perfeita.
    A imposição do homossexualismo goela abaixo num País cristão como o Brasil é uma aberração democrática. É a coerência dos esquerdistas: em nome da democracia, implantar uma ditadura branca hipócrita, e feroz ao mesmo tempo, uma intolerância fundamentalista a favor dos ideais comunistas e socialistas.
    Se passarem o homossexualismo e o aborto, a Opinião Pública abobada pelo vazio religioso e progressista, engolirá qualquer coisa. Ficaremos um País comunista e paganizado com as “bênçãos” do esquerda católica.
    Que Nossa Senhora Aparecida nos livre!

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome