O Padre José Eduardo gravou um vídeo mostrando que o tema da redação do Enem procurou levar as pessoas a defender posições diferentes das suas. O tema da referida prova foi: “Caminhos para Combater a Intolerância Religiosa no Brasil”.

No vídeo, o padre comenta que a Igreja Católica está sendo agredida em todo o mundo e vários cristãos estão sendo martirizados.

Temos visto humoristas em canais no youtube fazerem piadas com a Fé católica. Manifestações de feministas e esquerdistas que usam símbolos religiosos para atacar o cristianismo.  Professores caluniarem a Igreja nas escolas. E assim por diante, sem que quase ninguém as refute.

O Padre ainda comenta que: “Matar Cristão virou fato corriqueiro, ao qual essas mesmas mídias que nos acusam de intolerância fingem desconhecer”

Ele convida os cristãos a se manifestarem contra o Enem e a mídia.

Veja o vídeo abaixo:

3 COMENTÁRIOS

  1. O Padre José Eduardo tem inteira razão. É imprescindível que tenhamos uma reação e naõ pode ser uma reação por acaso, mas uma reação continuada e universal. Deve ser o tema de todas as homilias; deve ser o fulcro de atuação de todos nós

    Mas para que esta reação tenha possibilidades de êxito, é preciso sentirmos que há uma coesão em toda as Igreja.
    Onde está o Papa a liderar este reação? Ele está preocupado em muitas outras coisas insignificantes. Corre o risco de quando a Igreja estiver para ser salva, já está morta. É quase como o “cavalo do escocês” que foi aprendendo a viver sem comer e quando atingiu este ponto, morreu.
    Onde estão os bispos que vêm para terreiro fazer as primeiras defesa e os primeiros ataques?
    Nem sequer discutem o sexo dos anjos! Discutem a implantação de um regime que só eles sabem o que é, mas que nos levará, a todos, para a miséria.
    Onde estão os padres que tomaram esta reação como tarefa sua? Vou todos os domingos à Missa e não ouviu uma única homília sobre o assunto.

    Eu sou dos poucos que reajo, mas isto só me tem trazido amarguras. Não me importo; é o meu dever, mas gostava tanto de me ver acompanhado!

    • Você não está sozinho, irmão, há muitos remanescentes. Estamos na luta, somos muitos, mas a messe é grande. Somos a todo tempo chamados de fundamentalistas, beatos, retrógrados. Você está certo: não podemos nos importar. Seremos os bastiões da fé, não podemos desistir, por mais que sejamos ofendidos. Nada se compara ao sofrimento de Jesus. Desistiremos para manter a fé, a verdadeira fé católica. Afinal, confiamos que o Sagrado Coração de Jesus e o Imaculado Coração de Maria triunfarão! Deus nos abençoe e proteja nessa caminhada.

  2. Os cristãos católicos, protestantes e evangélicos devem se unir para derrotar os ateus e seguidores do demônio. Na eleição de 2018, os cristãos devem se unir e criar uma comissão que informe aos cristãos os partidos e candidatos defensores da fé cristã. Devem também analisar os candidatos com maior viabilidade de ser eleitos evitando a dispersão dos votos. Com uma vitória acachapante dos cristãos o cristianismo voltará ser a luz que ilumina nossos dirigentes. E imediatamente fazer leis que punam todo aquele que afrontam a fé cristã, e impeça a disseminação de religiões no Brasil que defendam o ódio, violência e discriminação contra os cristãos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome