Leo Daniele

“Ele está reagindo bem”, diz o médico. “Até que enfim!”, dizem aliviados os acompanhantes do enfermo, pois nada pior para um doente do que seu organismo não reagir mais. A reatividade do doente é, pois, uma qualidade.

Nossa Senhora Aparecida
Que Nossa Rainha e Padroeira mantenha vivas as reações contra o PNDH-3!

Isto vale também para a sociedade? Sem dúvida. Uma boa maneira de dobrá-la para o esquerdismo é agir de forma a diminuir ou extinguir sua reatividade.
Em quase todos os países dominados pelo comunismo, a conquista do poder começou pelo engessamento dessa qualidade, e esse engessamento foi mais importante do que o deslocamento dos tanques. Seja qual for o sinônimo empregado − otimismo culposo, atordoamento, atonia, bobeira, “fossa” − a falta de reatividade foi sempre o fator decisivo para o domínio vermelho.

Infelizmente, em muitos países são desvios religiosos que favorecem o amortecimento das reações. Apesar de a doutrina católica ser o oposto do esquerdismo, Fidel Castro, não nos esqueçamos, desceu a Sierra Maestra portando uma medalha religiosa no pescoço. Com isto, ele obteve o que seus fuzis não poderiam alcançar. Para não falar dos eclesiásticos que se fizeram cúmplices.

Até o momento, a reatividade da opinião pública frente ao Plano Nacional de Direitos Humanos (PNDH-3) foi satisfatória. Parece ter sido até surpreendente para seus defensores. Continuará assim? Aumentará, como é de se desejar?

Não tenhamos ilusões, estamos diante de um plano mortal para nosso País. O não reativo se caracteriza por ter a cabeça nas nuvens, curteza de vistas, lentidão em tirar conclusões, apego excessivo à rotina, egoísmo e moleza. A característica do reativo é a vigilância.

Se a vigilância com relação a programas como o PNDH-3 continuar sendo expressiva, teremos um ano novo cheio das bênçãos de Nossa Senhora Aparecida.

E nossa reatividade será a confusão daqueles para os quais o chavismo socialista é um modelo.

5 COMENTÁRIOS

  1. Resposta breve ao Sr. Oliveira:

    Creio em DEUS PAI, Todo-Poderoso, Criador do Céu e da Terra,
    E em Seu único Filho, JESUS CRISTO, que foi concebido pelo poder do ESPÍRITO SANTO,
    Nasceu da Virgem Maria,
    Padeceu sob Pôncio Pilatos,
    Foi crucificado, morto e sepultado,
    Desceu à mansão dos mortos,
    Ressuscitou ao terceiro dia,
    Subiu aos céus,
    Está sentado à direita de DEUS PAI Todo-Poderoso,
    Donde há de vir a julgar os vivos e os mortos,
    Creio no ESPÍRITO SANTO,
    Na Santa Igreja Católica,
    Na comunhão dos santos,
    Na remissão dos pecados,
    Na ressurreição da carne,
    Na vida eterna.
    Amém.

    Evangelho de JESUS CRISTO escrito por São Mateus, capítulo 16, versículos 18-19: “Tu és Pedro e sobre esta Pedra edificarei a minha Igreja e as portas do inferno não prevalecerão contra ela”.

    Aliás, onde estava o inferno da mentira e da deformação protestante durante 15 séculos? Será que o Messias só veio no século XVI e se chamava Lutero?
    Creio com minha vida que NÃO!

    Glória ao Adorado JESUS CRISTO e viva a venerada Nossa Senhora (nessa ordem)!

    Minha vida pela Santa, Católica e única Igreja de CRISTO!

  2. A Igreja Cristã desde que foi instituida por Cristo, Ele deu a vida por ela e enviou o Espírito Santo para fortalece-la, bem sabemos os efeitos do plano de salvação em nossa vida. Estes dias meditávamos sobre a fuga de José e Maria com o menino para o Egito, sob ameaça de Herodes. E como depois foram parar em Nazaré. No texo falava da ferocidade de Herodes que mandou matar os meninos de dois anos abaixo. Isso porque não tendo ele conhecido o menino (não quis ir com os magos – por ser um acomodado como muitos), com a matança pensava atingir o menino Jesus. Mas ele estava sob a proteção de Nossa Senhora e de José, além do anjo, conforme se le no texto. Maria, não só protegia o menino, mas a salvação de toda a humanidade. Tudo o que ocorria estava dentro do plano de Deus. A fuga, o medo, como parte da proteção. Os avisos do Anjo a José. Mas havia o plano de Deus e o plano de Herodes. Como hoje em dia ainda temos o plano de Deus e o plano dos politicos e poderosos desse mundo, a matar os inocentes, ora pelo aborto, ora por abandono material. moral, intelectual, social tanto dos pais diretamente, como dos governantes indiretamente não dando oportunidade aos pais, às familias de assistirem devidamente os filhos. No contexto, temos ainda as ameaças de drogas, armas, assaltos, mortes. Assistimos um documentário sobre as crianças na China, da mesma forma vilipendiadas em que também os bandidos e mafiosos as induzem ao crime, ao trabalho gratuito, etc.
    Quanto a tudo isso a Igreja se preocupa e sempre lembrar que Igreja somos todos nós que temos um grão de mostarda por fé. A minha abrangencia em defeza se soma a de todos os que querem fazer uma correlação de forças contrarias a isso. E devemos orar sim, e muito.
    Quanto a ADORAR, isso significa AD + ORAR. Ad significa junto, como em advogado, o que fala junto do cliente para o defender. Assim sendo, jamais oramos sozinhos. Ao orar Pai Nosso, ao mencionar Pai, já não estamos sos, e ao mencionar “Nosso” há de se supor todos e todas na Igreja que tem um unico Pai. E “nossa” senhora é mesmo nossa. Já ouvi alguém me pedir uma oração, dizendo\: “peça para a “sua” nossa senhora me ajudar. Não acredito que haja paganismo baixo (nem alto) em prol da verdade, posto que a verdade é absoluta. Mas devemos combater de alto a baixo os paganismos, ideologias e tendencias criminosas que surgirem mesmo sendo ainda ameaças às familias, crianças etc. Foi Cristo mesmo quem disse: “muitos surgirão em meu nome, e se possivel até os eleitos enganariam”.

  3. Rodrigo estamos juntos nessa luta contra a tentiva dos fautores do PNDH de acabar com os restos de civilização cristã que ainda existem. Temos que juntar esforços no sentido de impedir que o imigo comum tomem medidas arbitrárias, entre nós católicos temos aqueles que dão maus exemplos e produzem escandalos e serão julgados por isso, mas neste momento acho que devemos esquecer nossas diferenças e fazer tudo que estiver ao nosso alcance para derrubar as medidas anti-cristãs e nisso eu acho que concordamos, não é?@RODRIGO OLIVEIRA

  4. Falam em moral católica, e eu pergunto: que moral? a igreja católica está envolvida até os cabelos com os idealizadores mestres dessas abominações como o PNDH3, codex alimentarius e outras bizarrices, e está mergulhada até os cabelos no sangue dos servos de cristo, e está a desencaminhar os católicos, os fazendo desobedecer o PAI lhes oferecendo um homem carnal sentado em um trono de ouro, representando o próprio Deus na terra, lhes fazendo se prostrar diante de imagens e as seguir e adorar, e lhes permitindo adorar milhares de “santos”, deixando de lado o sacrifício de Cristo, que é o único digno de adoração. A hora está chegando, receberão na carne o pagamento pelas suas transgreções.

  5. Concordo com a proposta do site, e o sigo como um de meus favoritos a meses. MAS, quando vocês citam as escrituras e as misturam com paganismo não dá!
    A imagem inanimada a quem chamam de “rainha dos céus” ou “santa” ou “padroeira” e etc, nada mais é que uma flagrante desobediência aos mandamentos de Deus Pai. Não preciso citar quais mandamentos estão desobedecendo, pois bem sabemos todos que idolatria e uso de imagens é proibido por Deus. O único digno de adoração e veneração é Jesus, a porta estreita, e a rainha dele é a sua IGREJA, composta pelos remidos, e não a sua mãe carnal como no culto à semiramis e ninrode. Santos são todos os lavados no sangue do cordeiro, e nenhum deles é digno de devoção. Quem tem o poder de fazer algo por nós pela salvação de nosso país e pela libertação de nosso povo é CRISTO, ninguém mais está qualificado para isso.
    Fico triste quando um projeto de boa proposta se mistura ao paganismo baixo, “em pról da verdade”.
    Exorto-vos que a verdade, o caminho e a vida estão em JESUS, por favor parem de citar a “nossa senhora” e de adorá-la ao lado de Cristo, pois não há comparação entre nosso Deus e os seres criados por ele.
    Falam em

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome