Tomada Bastilha
Tomada da Bastilha

Devido a pressões da União Européia para cortes de gastos, o presidente francês, Nicolas Sarkozy, cancelou a famigerada comemoração do – mais famigerado ainda – dia 14 de julho, data em que se considera o início Revolução Francesa com a queda da Bastilha.

Apenas será mantido o desfile militar na Avenida Champs-Élysées.