“PARIS, França, 12 de dezembro de 2019 (LifeSiteNews) – Um grupo de leigos católicos escreveu uma carta aberta ao Papa Francisco implorando-lhe para condenar a idolatria da mãe terra (Pachamama) que recentemente teve lugar no Vaticano e para confirmá-los em honrar Maria como mãe e rainha.

“A carta aberta, que foi assinada por um grupo de cerca de 90 católicos, casais ou famílias, foi escrita no final de novembro, mas invocou Nossa Senhora de Guadalupe, cujo dia de festa é hoje” (12 de dezembro).

Palavras de Nossa Senhora de Guadalupe a Juan Diego

“Os católicos iniciam sua carta com as palavras de Maria para Juan Diego em 1531: “Eu não estou aqui, eu que sou sua mãe? Você não está na sombra da minha proteção? Eu não sou a fonte de sua alegria? Você não está dentro das dobras do meu manto? Não carrego você nos meus braços? O que você precisa de qualquer outra coisa?
Na mensagem sincera, os autores enfatizam a maternidade única e universal de Maria, que eles acreditam ter sido negligenciada por católicos que veneram, ou apoiam a veneração, de estátuas da mãe-terra pagã, ou Pachamama”.

  Vimos, com horror, a veneração idolátrica de Pachamama

“Na verdade, testemunhamos, com horror em nossos corações, a invocação vã, a prostração idólatra, a veneração escandalosa da mãe terra que ocorreu, em plena luz do dia, pouco antes e em todo o Sínodo da Amazônia, tudo em sua presença, Santo Padre”, eles escreveram.

 Uma contradição com o Primeiro Mandamento

“Imploramos a Vós, Santo Padre, que nos responda quando, amorosa e respeitosamente, Vos pedimos: Como isso não está em clara contradição com o 1º Mandamento de Deus: ‘Não tereis deuses estranhos diante de mim’?”

“Os signatários também mencionaram seu desânimo com as diferentes tentativas de liderança da Igreja de negar ou até mesmo defender a veneração dos ídolos pachamama”.

Fonte: https://www.lifesitenews.com/news/catholic-laity-beg-pope-francis-to-honor-mother-mary-not-mother-earth-in-open-letter


Uma respeitosa Carta Aberta, de católicos, justamente chocados com o culto à Pachamama nos Jardins do Vaticano e na igreja Santa Maria Traspontina”. Estamos de acordo, também estamos perplexos.

 

Deixe uma resposta