Maduro continua a oprimir a Venezuela, a tiranizar a população. Conta com o apoio decidido de Putin e um apoio eficaz (e discreto) da China, sobretudo nas decisões do Conselho de Segurança da ONU.

Notícia do Estado relata que “a Petroleos de Venezuela, ou PDVSA, vem se desintegrando e abrindo espaço para parceiros estrangeiros”.

Quais são esses parceiros estrangeiros? Irã, Rússia …

“Na prática, companhias privadas vêm extraindo o petróleo bruto, promovendo as exportações, pagando os funcionários, comprando equipamentos e até mesmo contratando equipes de segurança para proteger suas operações no interior do país, hoje em situação de ruína, segundo consultores da área de petróleo que trabalham no país”.

“A Rosneft Trading é uma subsidiária da maior companhia de petróleo da Rússia, a Rosneft, e o principal comprador e revendedor do petróleo produzido na Venezuela”.

Autoridades dos EUA dizem que acordos secretos entre Moscou e Caracas para produzir, transportar e vender petróleo para outros mercados se tornaram uma mina de ouro para a Rússia, que está fazendo empresas estatais ganharem cerca de US$ 120 milhões por mês.

Moscou freta navios de terceiros … e camufla a origem do petróleo

“Moscou está se mostrando disposta a absorver o risco de sanções dos Estados Unidos. Freta navios de terceiros, obscurecendo a origem do petróleo ao comercializá-lo em todo o mundo”.

“O governo americano também alertou para que outras empresas parem de negociar com a Rosneft Trading nos próximos 90 dias. A ação ainda congela ativos financeiros da subsidiária russa nos EUA, assim como o da diretoria e do presidente da companhia”.

Não se restringe ao Petróleo. Acordo militar Rússia-Maduro

Não se trata apenas do setor petrolífero. Nosso site já abordou o alcance das relações entre Putin e Maduro. https://ipco.org.br/russia-putin-continua-sustentando-a-venezuela-ate-militarmente-a-opressao-continua/

Rússia aumenta o apoio ao chavismo

“O Ministério das Relações Exteriores da Rússia diz que discutirá “medidas práticas para aprofundar a cooperação entre os dois países em áreas como energia, mineração, transporte, agricultura, medicina, produtos farmacêuticos e cooperação militar-técnica”. A visita, no entanto, é mais um passo para aumentar o apoio russo ao chavismo”.

  • * * *
  • Para os ingênuos ficam ai os elementos de reflexão. Não é só o petróleo que une Putin a Maduro.
  • Fonte: https://internacional.estadao.com.br/noticias/nytiw,venezuela-cede-controle-petroleo

 

 

 

 

Deixe uma resposta