Um aspecto da histórica manifestação (800 mil pessoas) em defesa da família e contra o homossexualismo no dia 13 de janeiro em Paris

A associação Avenir de la Culture distribuiu ontem à imprensa francesa e estrangeira um comunicado [abaixo] muito oportuno, comentando um outro comunicado: o documento lançado pela Conferência Episcopal francesa, três dias após a maior manifestação da história contra o “casamento” homossexual.

Infelizmente, tal instituição episcopal, presidida pelo Cardeal André Vingt-Trois, está cedendo às reivindicações do lobby do movimento homossexual.

Procedendo desse modo lamentável, tais bispos estão deixando estarrecida toda aquela multidão [fotos acima e abaixo] que no dia 13 último saiu às ruas em defesa da Família e contra a agenda LGBT apoiada pelo governo socialista francês.

Estarrecido encontra-se todo o mundo verdadeiramente católico com o documento episcopal, que propõe fazer concessões ao“projeto de lei Taubira” (nome da ministra da Justiça, Christiane Taubira), aceitando alguns casos de adoções de crianças por “casais” homossexuais e aceitando certas uniões entre pessoas do mesmo sexo, desde que não se use o termo “casamento”! Como se podem aceitar uniões gravemente pecaminosas se elas são contrárias à lei moral natural e às leis de Deus?! Um escândalo!

Portanto, é inaceitável qualquer tipo de legalização de relações homossexuais. Inaceitável também a tentativa daqueles bispos franceses de abafar a santa indignação dos católicos contra um projeto tão oposto à doutrina católica e ao plano de Deus para o matrimônio e a família.

PS: A seguir, o mencionado comunicado de Avenir de la Culture (www.avenirdelaculture.fr) e novas imagens da manifestação do dia 13 p.p.  Algumas dessas fotos foram feitas e enviadas pelo meu colega Josias Batista de Pina, que participou do colossal protesto em Paris (para ampliar, click nas fotos).
COMUNICADO DE AVENIR DE LA CULTURE
“UM FRACO REI FAZ FRACA A FORTE GENTE”
17 de janeiro de 2013

Esta célebre frase de Camões vem ao espírito ao ler o comunicado publicado ontem pelo Conselho Permanente da Conferência Episcopal, três dias após uma das maiores mobilizações que a França jamais conheceu.

Em decalagem com um milhão de manifestantes que clamavam pela retirada imediata do projeto de lei Taubira[foto abaixo], os mais altos responsáveis pela Igreja na França se limitaram a pedir que no debate parlamentar sejam encontradas formulações respeitosas do caráter heterossexual do casamento, da filiação e das pessoas homossexuais.

Os bispos aceitam, portanto, o princípio de uma remodelação do direito da família: eles acolhem as reivindicações do lobby LGBT por um quadro jurídico solene, desde que a etiqueta “casamento” não venha embalar o produto e que a adoção de crianças pelos pares homossexuais se faça sem reconhecimento fictício de paternidade.

Compreende-se que um organismo episcopal disposto a ceder a esse ponto deplore a crescente polarização entre uma França apegada à família tradicional e um governo socialista cegado pela “teoria do gênero”.

Jamais se compreenderá como podem os Pastores católicos sugerir, ainda que implicitamente, um Pacs+ — isto é, um agravamento das parcerias homossexuais— como uma alternativa possível ao “casamento para todos”.

Com efeito, tal fórmula está em aberta contradição com o ensinamento da Igreja, segundo o qual “não existe um direito à homossexualidade, o que não deveria, portanto, constituir a base para reivindicações jurídicas” (cf. Declaração da Congregação para a Doutrina da Fé, julho de 1992).

Diante desse comunicado decepcionante, Avenir de la Culture reitera o que escreveu no dia 8 de dezembro último, em seu “Respeitoso apelo aos Bispos da França: Não tenhais medo!”:

“Os católicos de base quereriam uma Igreja sem complexos, que não hesitasse em entrar no embate das convicções e defendesse com voz forte os valores cristãos. Se os bispos persistirem em oferecer ao governo um ‘Pacs melhorado’ como alternativa ao ‘casamento para todos’, eles não farão senão aumentar o fosso existente entre eles e os fiéis”.

Avenir de la Culture deseja ardentemente que outras vozes episcopais discordantes destas se façam ouvir, para que a Sra. Taubira não possa repetir um dia o que escreveu Simone Veil em suas memórias, evocando a legislação do aborto: “Com a Igreja Católica as coisas correram melhor do que eu podia imaginar”.
____________


18 COMENTÁRIOS

  1. Meus queridos o tempo da inquizição já passou.
    O tempo da fogueira “santa” também!
    Da caça as bruxas tb!

    Deixa os Gays serem felizes o que eles devem a vocês? PQ OS ODEIAM TANTO? POR ACASO O MESTRE NÃO FALOU QUE DEVEMOS RETRIBUIR O ÓDIO COM AMOR?

    Hoje em dia é cada um no seu quadrado!!!! ninguém é obrigado a ser GAY e ninguém é obrigado a ser católico ou evangélico. VIVA A LIBERDADE!

    VIVA A UMBANDA, O CANDOMBLÉ, OS GAYS E OS CASAIS HETEROSEXUAIS.
    VIVA TODAS AS RELIGIÕES.

    VIVA A LI -BER -DA -DE!!!!

    PS: NÃO ESQUEÇAM DE COMBATER A PEDOFILIA NA IGREJA. crime contra a criança! isso sim é preocupante1

  2. @Ebrael Shaddai
    interessante a sua resposta para um debate democrático. Você coloca que a família e composta de um homem e mulher para gerar naturalmente uma criança. Com todo o respeito, penso que família e mais do que isso. E os seus tios, primos, irmãos, enfim seus parentes não azem parte de sua família? Pelo modelo de família colocado, não, pois só e família a união de um homem e mulher para fins reprodutivos naturalmente…..volto a tocar no amor. Independemente se heterossexuais ou homossexuais, homem-mulher, pais e filhos, irmãos enfim, essas relações são ou deveriam ser baseadas no amor. Mas voce coloca um conceito de amor, que na minha visão, me parece limitado. Amor para voce e so o amor entre homem e mulher para fins reprodutivos. Isso fica muito claro nessa sua passagem: ((Amor só tem aquele que reconhece o papel que a Natureza lhe legou, reconhecendo que fomos criados, não nos criamos a nós próprios. Amor é entrega ao seu Destino, não entregar-se ao desvio e à tentação. Amor é uma decisão de seguir os ditames da Natureza, que criou homem para formar uma família com uma mulher, dar direito a filhos de existirem e, na sociedade doméstica, educar esse filhos nos valores que perpetuaram nossa espécie até hoje.)) Parece que vc não ama seus pais, seus irmãos, seus tios, enfim sua família…..ah, mas esqueci, eles não sua família, pois família, na sua concepção e apenas a união entre homem e mulher para fins reprodutivos….simplesmente vc ignora que a família também e uma construção social, assim como a Igreja. Nao vou nem entrar no mérito das questões relativas ao que e ou natural. Alias, a ciência a qual vc cita tb da inúmeras provas de inúmeras especies tem comportamento heterossexual, homossexual e bissexual. Agora em momento nenhum na minha passagem, eu disse que o casamento heterosexual e uma coisa horrivel. Sou heterosexual, casado com mulher e pai de um menino de 4 anos e cristao. Tanto numa relacao hetero quanto homo existem coisas boas e ruins. Existem pessoas boas e ruins em todas as classes, em todas as religioes, em tudo. E repito mais uma vez que nao sou contra o casamento heterosexual. Vivemos num casamento estável, feliz e com muito amor. Amo minha família, aqui considerada no sentido mais amplo possível, tios, primos, irmãos, amigos, cada um a sua maneira. Se eu tenho o direito de constituir familia e ser feliz, porque os outros nao podem? O mundo precisa de mais amor, tolerancia, felicidade e paz, independentemente da finalidade reprodutiva. Tudo baseado no que o cristianismo prega…..mas nao se preocupe, Jesus tambem te ama. abracos.

  3. @Guilherme

    Não é amor o que os militantes gays estão demonstrando para com a sociedade, e sim a intençao de demolir um modelo natural de Família, homem e mulher unidos para gerar NATURALMENTE uma criança. Gays não podem ser pais, nunca se saberá quem é pai ou mãe, mesmo se pudessem exercer esse papel. Gays não podem gerar filhos. Esse negócio de gays quererem ter família, que a Ciência repete há milhares de anos que pode nascer apenas de um macho e de uma fêmea, exclusivamente, beira à loucura.

    É ódio proclamar o que a Natureza já nos declara, por A + B, há milhões de anos? OU será ódio querer subverter a natureza? Sim, isso é subversão!

    Ninguém proíbe que gays tenham as relações sexuais que quiserem (desde que não sejam com crianças ou menores de idade), pode ir em frente mesmo. Claro, sempre proclamaremos nossa posição com relação à prática homossexual (ou mesmo heterossexual fora do casamento) – isso se chama liberdade de expressão de Consciência.

    Mas, convenhamos, vir com essa história de Amor? Amor só tem aquele que reconhece o papel que a Natureza lhe legou, reconhecendo que fomos criados, não nos criamos a nós próprios. Amor é entrega ao seu Destino, não entregar-se ao desvio e à tentação. Amor é uma decisão de seguir os ditames da Natureza, que criou homem para formar uma família com uma mulher, dar direito a filhos de existirem e, na sociedade doméstica, educar esse filhos nos valores que perpetuaram nossa espécie até hoje.

    Vocês tentam pintar a família heterossexual como quadro infernal, insalubre. Mas é a célula base da sociedade. Um lar gay não funda nada, pois não origina nada de si. Um par de homossexuais nunca terá um vínculo tão estreito que possa lhes garantir uma continuidade, uma História, como tem um lar “normal” heterossexual. Apenas sua amizade e o sexo, nada mais! O amor por uma criança poderá vir, mas nunca conseguirão agir em relação a ela como pais, mas somente como tutores, babás que se juntaram motivados, originalmente, por desejo sexual. A criança entra na história como um boneco para continuar alimentando sua fantasia doentia de brincar de papai e mamãe.

    Não esqueça de citar, antes de nos criticar, que brigas, vinganças, homicídios passionais, desrespeitos, orgias, drogas e maus exemplos também encontram-se nos pares homossexuais que se juntam. Um lar homossexual é tido como “evoluído” apenas pela mídia e partidos gayzistas, pois a palavra evoluído eu substituiria, no mínimo, pela palavra “equivocado”, quando não por doentio e degenerado.

  4. quando estava na escola cristã, me ensinaram que um dos princípios do cristianismo é o amor e o amor ao próximo….mas lendo os comentários eu vejo tanto ódio, raiva e outros sentimentos totalmente contrários ao que me ensinaram e me disseram….um homem e uma mulher deveriam se casar porque se amam. Se 2 homossexuais se amam, se há amor entre duas pessoas, porque deveriam ser tratados como monstros? São seres humanos. Se o cristianismo é baseado no amor ao próximo e que este próximo foi criado à imagem e semelhança de Deus, porque odiar outros seres humanos que se amam? O que é pior para a família, o amor entre duas pessoas ou a corrupção, assasinatos, roubos etc? Se a família cristã é baseada no amor, não vejo problema nenhum no casamento homossexual. Para mim, o conservadorismo está é perdendo tempo e o foco, pois deveria estar combatendo aquilo que de fato ameaça a família como a corrupção, a criminalidade, as drogas….

  5. @leticia
    Gostaria de te informar minha cara Leticia que:

    1° De onde nasceram os homossexuais? A partir de uma relação sexual entre pessoas do mesmo sexo?

    2° A lei francesa sobre o casamento homossexual quer também incluir:

    2.1 a PMA (Procréation médicalement assistée) o que é não é permitido por lei e abre precedentes a exploração comercial da geração. Dizendo claramente: comércio de ulteros de aluguel, assim que a exploração (escravidão) de mulheres em paises subdesenvolvidos.

    2.1 Adoção por casais homossexuais, excluindo os nomes pai e mãe, adotando a nomeclatura parente 1/2. Assim que apagar o passado historico do bêbe o privando da sua verdadeira origem.

    Você deveria ao menos estudar antes de dar sua opinião, te explicarei:
    Você já viu algum pais cristão perseguir e matar qualquer pessoa que fosse nos dias atuais? Os hindus estao matando cristãps a milhares, o mesmo se passa em paises islamicos. Em paises onde o ateismo é a “religiao” a quantidade de pessoas mortas são contadas em milhões (China, URSS, Cuba…). Quando emitir uma opinião não tomasse esse sentimentalismo exacerbado e olhe a situação como ela é e não a partir de seus sentimentos com relação aquilo. Esse tipo de análise levou Hitler a matar os judeus pois ele “sentia” que eles eram os responsaveis pela crise que passava a Alemanha. O que se comprovou como sendo uma falacia do governo Nacional-SOCIALISTA para eleger um bote espiatorio.

  6. Por que é que voces catolicos se acham no direito de dizer como os nao catolicos devem se comportar? porque alguem que nao acredita em deus deve seguir suas “leis” se voces acham que essa pessoa vai pro inferno, o problema é dela, nao de voces! gays vivem juntos voces querendo ou nao, a vida é deles? como voces se sentiriam se fossem obrigados a viver sob as leis de outra religiao, sei la, sob as leis dos hindus? seria horrivel, certo? entao por que fazem isso com outras pessoas?

  7. Esses 800 mil franceses NÃO FORAM NOTÍCIA nos telejornais do SBT, Globo ou Record.

    A Globo é escancaradamente pró-gayzismo, enquanto o SBT e a Record tentam disfarçar que não são.

    BOICOTE À TV, ESPECIALMENTE À GLOBO.

  8. CASAMANTO DE [HOMOSSEXUAIS] E’ UMA FARSA,,, UM TEATRO. UM FINGE SER MULHER,,,O OUTRO FINGE ACREDITAR. A ADOCAO DE CRIANCAS POR ESSES DESVIADOS, E’ UM VERDADEIRO CRIME CONTRA UM SER INOCENTE, QUE TERA’ DESVIADO SUA CONDUTA NORMAL, PARA A IMORALIDADE,,,PARA O ANORMAL. E O PIOR,,, EM MUITOS CASOS, ESSAS CRIANCAS SERAO PASTOS PARA ESSES PEDO’FILOS HOMOSSEXUAIS, COMO JA’ SE REPORTAM EM MUITOS CASOS. O PRO’PRIO OBAMA E’ HOMOSSEXUAL E USADOR DE DROGAS, CONFORME DITO EM LIVRO DE UM EX COLEGA SEU.

  9. DEUS não nos disse que teríamos que passar por “tempos difíceis”?… “provações?”… Então, senhoras e senhores, o que estamos vivenciando pelo mundo afora e, que não escapa nem a Igreja Católica, é justamente os tempos de provações… Tempos em que seremos provados em nossa fé!… Se realmente somos ou não cristãos-católicos de verdade!… Mas como sabemos, o fim virá, quando menos esperarmos… e ai sim… será como diz no Apocalipse da Bíblia Sagrada: Separará o joio do trigo… guardando o trigo nos celeiros e jogando o joio no fogo eterno!… Amém!

  10. Aos ditos seguidores de CRISTO, padres, bispos,diácono, ministros, etc…, revejam seu conceito de amor a JESUS. Diz na bíblia:”A quem muito é dado, muito será cobrado”. Vocês são, posso assim dizer: procuradores de CRISTO na terra, ou como algum menciona: IN PERSONA CRISTO quando celebra a missa. Então meus irmãos, tenho pena de suas atitudes, pois CRISTO com certeza não aprova esse tipo de pessoas.Não é a mim que tens que prestar contas de seus atos e sim a CRISTO. Qual de vocês teriam a coragem de morrer martirizado por CRISTO? Com toda certeza se houver será bem pouco. Fiquei triste e ao mesmo tempo contente ao ler o depoimento do sr. Ebrael Shaddai acima, se realmente isso aconteceu, no mínimo Dom Odilo deveria pedir perdão a CRISTO e não tornar mais a fazer esse tipo de baixaria, colocando CRISTO na sarjeta. Ou se tem fé verdadeira em CRISTO ou não se tem. Agradar a DEUS e ao DIABO não dá. Se não estão feliz em servir CRISTO, saiam enquanto é tempo e sirvam ao que é do mundo.

  11. Esses bispos/sacerdotes estão corrompendo a PALAVRA DE DEUS, agindo contra as LEIS
    DE DEUS, senão vejamos:
    Levítico 18,22: “NÃO SE DEITE COM UM HOMEM COMO SE FOSSE MULHER: É UMA ABOMINAÇÃO.

  12. Infelizmentte muita gente desse clero, tsnto no Brasil, quanto no resto do mundo, tem o rabo preso. Infelizmente alguns membros do clero sai com homosexuais para realizar fantasias que no futuro os prende em suas opções de decisão, PRINCIPALMENTE, quando, como é o caso de agora, ter de decidir a FAVOR DA FAMÍLIA OU NÃO. Não estou acusando ninguém, mas sabe-se que isso é uma verdade. A FAMILIA está sendo destruida pelos GOVERNOS SOCIALISTAS, tanto os democracia solialistas popular, quanto os demais governos socialistas, pois se eles tiverem uma sociedade fraca, fráfil será mais simples e menos trabalhoso impor suas absurdas vontades ditatoriais. A FAMILIA é o elo due mantém um grupo, uma sociedade e o mundo sadios mentalmente, fortes espiritualmente e, tbm, mantém esses mesmos grupos fortes ecoinomicamente. Isto dá credibilidade e crescimento humano. A destruição da FAMILIA da forma como está sendo realizada leva-nos ao caos da existencia social e humana, pois é destruida em sua raiz. Os governos podres, hoje, gastam milhões em promover as paradas gays e, no entanto, nada gastam para melhorar a educação que é a base para uma família descente e forte. Gastam milhões com com promoção e proteção de ações que protegem e enaltecem esses movimentos que deveriam ser, senão inibidos, pelo menos diminuida a sua importância. Hoje, a lei é protege e até promove essas diferenças fazendo com que haja na sociedade brasileira um aumento de problemas de relacionamento entre as familias de verdade e esses elementos que deveriam ser tratados psicológicamente para que tenham a consciência de que ser homosssexual não é um orivilégio, mas apenas uma opção. Isso não dá direito a um TERCEIRO SEXO OU QUARTO SEXO. Esse gênero sexual não existe. O que existe é apenas uma opção de interesse e isso não dá DIREITOS DIFERENTES DOS DEMAIS HOMENS E MULHERES. Se um homossexual quiser casar terá que casar com um de ser humano de sexo diferente a ele. Isso é a LEI MAIOR, A LEI HUMANA o resto ão atitudes doentias e por isso tratáveis para que não haja absurdos iguais aos atuais. A igreja deveria LER ESSSES PRINCÍPIOS NAS BIBLIAS E COMPREENDÊ-LOS e naão ignorá-los.

  13. Vivemos literalmente o FIM,DEUS está a par de tudo e nossos pecados clamam ao céu sua justiça.JESUS virá mais rápido do que se possa imaginar,como um raio cortando o céu ele virá e será tarde para pedir perdão o momento é este hoje e agora.Querem fazer uma paródia macabra e bizarra de família a primeira Igreja que DEUS instituiu, um lar com moralidades e princípios baseados nas leis sagradas.Homossexuais tem princípios?morais?sabem o que é isso(moral)?conhecem as leis de DEUS?Se conhecessem repudiariam seus “pares” pois em sua lei:” um homem não deitará com outro homem como se fosse mulher”. Alguém irá dizer:”que moral um casal heterossexual tem?” a moral que DEUS nos deu de criar seus filhos, pois os filhos não são nossos, todos os filhos pertencem a DEUS todos pertencemos a DEUS, e um dia, prestaremos contas, somente a ele.Que DEUS nos guarde de tempos tão difíceis e ilumine o clero,da Igreja Católica tão cego pela fumaça de satanás, e que o Imaculado coração de MARIA triunfe finalmente.

  14. Eu tenho certeza de que se os bispos do mundo inteiro unidos ao Papa (como São Pio X fez com o modernismo) condenassem os erros deste mundo as coisas não estariam do jeito que estão: decadência moral.

  15. Todos do clero que não seguem os princípios do Evangelho prestarão contas à Deus pois todos foram ordenados segundo a Ordem de Meldesedeque (Hebreus 5 ( 1-5).Basta de marxismo cultural, social, religioso. O Sacerdote, o Bispo tem que defender as coisas de Cristo e não do homem.

  16. Infelizmente, não acho que seja covardia desses bispos franceses. A “apatia” é proposital, tal é a infiltração maçônico-marxista no Episcopado de todos os países.

    Temos aqui a CNBB para não desmentir: em 2011, na Parada Gay em SP, o que fez Dom Odilo para repreender os pecadores enfurecidos que vilipendiaram nossos santos em plena avenida? Emitiu uma nota pública que mal se poderia chamar de repúdio. Ele praticamente pediu desculpas ao povo por sua inépcia e debilidade. Na verdade, esse posicionamento não pode ser reconhecido como católico, mas marxista entreguista. Se nos lembrarmos de quem fundou a CNBB, saberemos que cartilha o Episcopado segue!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome