Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

Ministro Peillon: leis como as de “casamento” homossexual visam enxotar o catolicismo
Ministro Peillon: leis como as de “casamento” homossexual visam enxotar o catolicismo

Passados três meses da entrada em vigor da lei que legalizou o casamento homossexual, apenas 600 “casamentos” foram realizados em toda a França, segundo dados das 50 maiores cidades do país, informou a rádio pública France Inter.

Desde o primeiro “casamento” sodomita celebrado em Montpellier com grande espalhafato midiático, 596 uniões semelhantes aconteceram em todo o país.

O número corresponde a apenas 1% dos casamentos registrados no período, acrescentou a rádio.

O jornal Le Monde acha que os homossexuais franceses estão intimidados pelas gigantescas manifestações populares contra esse “casamento”.

Apenas 1% em três meses é pouco, reconheceu a rádio do governo que impôs esse alardeado “casamento”.

É largamente afirmado, até por ativistas da agenda homossexual, que os LGBT não desejam casar pois preferem a frenética rotatividade de parceiros em que consomem sua vida.

O próprio ministro socialista de Educação Vincent Pellion, no entanto, se encarregou de esclarecer o fundo do assunto.

Para ele, leis como as de “casamento” homossexual visam enxotar o catolicismo da moral pública e instalar em seu lugar uma religião laica e ateia, que realize assim plenamente o sonho da Revolução Francesa de 1789. VEJA AS PALAVRAS DO MINISTRO PELLION

Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

12 COMENTÁRIOS

  1. Que bom. Assim cai por terra a idéia de que liberar esses casamentos extinguirá a raça humana. Ninguém “vira” gay porque quer. Já se nasce gay. Não tem essa de “estimular a homossexualidade”. Aliás, gays são uma minoria ínfima.

  2. Isso que une essas pessoas não podemos chamar de Amor. Deus é Amor e devemos amar os outros com o Amor de Jesus, amor fraterno e não amor que pratica atos sexuais com pessoa do mesmo sexo. É uma pena porque muitos vão para o inferno, mas, quando arrependemos do que fazemos enxergando a verdade à Luz do Espírito Santo, nos confessemos com um Sacerdote podemos salvar a nossa alma enquanto é tempo. JESUS, EU CONFIO EM VÓS! SALVE MARIA SANTÍSSIMA!

  3. Elaine da costa mello,

    Jesus não ensinou Homem casar com Homem. Tanto é que quis nascer numa família. Tem muita gente indo pro inferno com essa ideologia porque essa vida é passageira demais e a verdadeira vida vem depois da morte para aqueles que viverem conforme a vontade de Deus e não dos Homens. A nossa vida está escondida em Cristo Jesus. Paz e Bem!

  4. juscelino,

    Inteiramente de acordo. É preciso dar uma resposta a esses absurdos. O movimento sodomita ganhou asas com os governos de esquerda, empenhados na na demolição de todos os princípios e tradições da sociedade. E mais que isso, ganharam dinheiro, muito dinheiro, para sua nefasta ação. Isso é público e notório.

  5. Olavo de Carvalho

    há ± 1 hora próximo a Richmond (Virgínia).

    A campanha lançada pelo movimento gayzista, “Por mais beijos lésbicos nos cultos do Marco Feliciano”, é ostensiva APOLOGIA DO CRIME, já que, de maneira ostensiva, deliberada e planejada, instiga à violação sistemática do Art. 208 do Código Penal. Isso traz aos cristãos a oportunidade — e o dever estrito — de processar TODOS os responsáveis por essa iniciativa criminosa e todos aqueles que a apóiam publicamente de qualquer maneira que seja. Não é justo nem razoável punir somente as duas agentes isoladas, e deixar seus mandantes e instigadores livres para que repitam a operação, impunemente, em todas as igrejas. O sucesso subiu à cabeça dessa gente, que agora dá a cara a tapa. Crime é crime. Tolerá-lo é incentivá-lo. Ou as igrejas cristãs reagem agora — não somente com palavras, mas com atos –, ou o crime de ultraje a culto, por impunidade reiterada, acabará por se consagrar como um direito, estrangulando de vez a liberdade religiosa no Brasil.

  6. Confiem na justiça de Deus. No Salmo 43,1 nós temos o seguinte conselho: “Faze-me justiça, ó Deus, e defende a minha causa contra um povo infiel; livra-me dos homens traidores e perversos”.
    Temos que temer a ação dos homens sem esmorecimento, pois nosso enfraquecimento é a fortaleza dos traidores da pátria amada. Deus faz justiça em todo tempo, e para alcançarmos misericórdia é só andarmos em obediência. Confie no Senhor porque Ele fará justiça. Aos que se desviarem do caminho um dia encontrarão a verdade e a vida. Escolha andar nos caminhos de Deus. “Somos afligidos de todos os lados, más não vencidos pela angustia; postos entre os maiores apuros, mas sem perder a esperança; perseguidos, mas não desamparados; derrubados, más não aniquilados”. (2Corintios 4,8-9)
    O Sacramento do Matrimônio ou aliança conjugal é abençoado por Deus. Esse sacramento tem sentido próprio no desígnio do Criador sobre o homem e a mulher. Deus, que é amor e os criou por amor, chamou-os no Matrimônio a uma íntima comunhão de vida, de amor e de cuidados recíprocos. Assim os cônjuges já não são dois, mas uma só carne e tornam-se portadores da benção divina: “Sede fecundos e multiplicai-vos…” (Genesis 1,28).
    O Sacramento do Matrimônio é ordenado ao bem dos cônjuges, como também à geração e educação dos filhos. Jesus Cristo restabelece a ordem inicial querida por Deus e dá ao Matrimônio a nova dignidade de Sacramento, que é o sinal do seu amor qual Esposo da Igreja. Por esta razão, o sacramento do Matrimônio concede aos esposos a graça de se amarem com o mesmo amor com que Cristo amou a Igreja e de participarem no Mistério da paternidade de Deus e da maternidade da Igreja.
    Os cônjuges cristãos, pela virtude do Sacramento, participam do mistério da unidade e amor fecundo entre Cristo e a Igreja. Ajudam-se a santificar um ao outro na vida conjugal e na aceitação e educação dos filhos. Por isso têm, no seu estado e função, uma missão especial dentro do Povo de Deus.
    O amor do casal abre-se em círculos concêntricos, que envolvem a família, a sociedade e a Igreja, numa perspectiva histórica que tem por horizonte último a eternidade do amor de Deus. Desta abençoada união procede a família, onde nascem os novos membros da comunidade humana que, pela graça do Espírito Santo, tornam-se filhos de Deus, para que o Povo de Deus se perpetue. É por este motivo que a graça do sacramento do Matrimônio transforma a família numa verdadeira Igreja doméstica.

  7. Quem somos nós para julgarmos homossexuais,perante a Deus somos todos iguais,por isso nos deu o livre arbitro .São seres humanos iguais a nós.Eu particularmente não sou, se fosse assumiria . Sempre teve e sempre terá,da qui pra frente será tão natural.O importante é não ser vulgar e ser feliz, o que adianta ser hétero e não ser feliz, o amor acima de tudo.Temos que respeitar a escolha de cada um , na religião,política,futebol etc. Foi isso que Jesus ensinou .

    PAZ E BEM!!!

  8. NA PERVERSÃO DOS TERMOS ESTÁ O SEGREDO DA SEDUÇÃO PARA AS VITORIAS DOS COMUNISTAS!
    Atribui-se à maçonaria a perversão de termos e o comunismo é o seu substrato mais atuante e que captou seus ideais para impor as metas de tomada de poder via relativização das mentes, como:
    Uniões gays: uma das grandes farsas de libertação de minorias oprimidas; porém, doravante reprimirão a família reduzindo-a apenas a granjas de reprodução de escravos para o Estado e eles os gerentes de produção, os inspetores de qualidade das crias e descartando os que apresentarem defeitos de fabricação.
    Laicização = separação da Igreja do Estado: descristianização, ou seja, secularização que é separação entre ordem civil e religiosa no Estado; aliás, um Estado sem Deus equivale a um corpo sem alma.
    Nesse ínterim, aproveitam-se das oportunidades para se imporem como ferozes ateus-militantes tachando de intolerantes quem não se enquadrar no “politicamente correto”, como reprimir o gayzismo sob todas as formas.
    Maquinação de palavras de duplipensar com o sentido camuflado, como: liberdade, igualdade, fraternidade da revolução francesa e que teria sido patrocinada pela maçonaria.
    Liberdade: para os comunistas, libertar-se é sair dos jugo dos capitalistas e imperialistas e do cristianismo-Igreja católica – mas não mostram que cairá sob o tacão do imperial-capitalismo de Estado totalitarista, fortemente opressor, materialista e ateu, similar ao nazista e fascista.
    Igualdade: todos são iguais na miséria. Porém, os burgueses donos do poder, a elite e sua burguesia são sustentadas pelos lacaios nos quais aplicaram os golpes e caíram na armadilha, como exemplo os 50 anos na favela a ceu aberto Cuba, Laos, Coreia do Norte e mesmo a China, se as empresas capitalistas do Ocidente resolverem sair do país.
    Fraternidade: apenas teórica para subirem ao poder, pois possuem um odio e rancor profundos a Deus e às suas leis, odeiam-se a si mesmos, batem-se mutuamente como cães ferozes se abocanhando entre si, pior ainda ao próximo, sendo comprovadamente de origem e procedimentos satânicos, até mesmo a partir da própria bandeira e suas mensagens subliminares, associando-se às suas iniquidades quem os apoia e vota neles por colaborar na propagação do reino do anti Cristo.
    Democracia: seria o poder do povo, mas a “democracia” tão propagandeada por eles a todo instante, repetindo seguidamente o termo pelo PT, PC do B etc., é a da idolatrada Cuba do carniceiro Fidel Castro com mais de 120 000 mortes e confinamento da população na sua ilha-prisão, sob escassa ração, vigiados e de focinheira na boca.
    Sendo asseclas de Satanás, como poderiam propor fraternidade, amar dos homens, proteger os injustiçados se odeiam suas criaturas os homens que pertencem a Deus?
    Todos os comunistas agem ao contrario do que falam; têem as mentes voláteis e deformadas pelo satanismo da inoculação das ideologias marxistas!

  9. A mentira é a verdadeira companheira desses movimentos, essa gente toda que clamava pela equiparação do casamento homossexual ao casamento natural e sacramental só queriam entrar para destruir essa instituição, nunca jamais tiveram interessados de formar uma verdadeira família.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome