Chegamos ao Mês de Maio. Nada mais indicado do que voltarmos nossos olhos para Maria nessa pandemia midiática histérica, ilógica e preternatural que acompanha o surto mundial do coronavírus. E o governador Doria asfixia a seiva bandeirante.

Um comentário adequado a Maio de 2020!

“Os filhos nunca são mais seguros da vigilância amorosa de suas mães do que quando sofrem. A humanidade inteira sofre hoje em dia. E não só todos os povos sofrem, mas quase poderia dizer-se que sofrem de todos os modos por que podem sofrer.

(…) “Pode-se dizer que o mundo contemporâneo, semelhante ao que vivia no tempo em que Nosso Senhor nasceu em Belém, enche os ares de um grande e clamoroso gemido, que é o gemido dos maus que vivem longe de Deus, e dos justos que vivem atormentados pelos maus.

“Quanto mais sombrias se tornarem as circunstâncias, quanto mais lancinante as dores de toda ordem, tanto mais devemos pedir a Nossa Senhora que ponha termo a tanto sofrimento, não só para fazer cessar assim nossa dor, mas para maior proveito de nossa alma.

Só Nossa Senhora pode dar alento, força e vitória à reação conservadora

Enquanto o mundo sofre sob o látego do vírus chinês (encoberto pela OMS) o Brasil verdadeiro está sob o fogo das esquerdas, camufladas sob a máscara de falso Centrão. Saibamos recorrer a Maria.

“Diz a Sagrada Teologia que a oração de Nossa Senhora antecipou o momento em que o mundo deveria ser redimido pelo Messias. Neste momento cheios de angústias, volvamos confiantes nossos olhos a Nossa Senhora, pedindo-Lhe que abrevie o grande momento em que todos esperamos, em que uma nova Pentecostes abra clarões de luz e de esperanças nestas trevas, e restaure por toda a parte o Reinado de Nosso Senhor Jesus Cristo.

“Devemos ser como (o Profeta) Daniel, de quem diz a Escritura que era desideriorum vir, isto é, homem que desejava grandes e muitas coisas. Para a glória de Deus, desejemos grandes e muitas coisas. Peçamos a Nossa Senhora muito, e sempre. E o que sobretudo Lhe devemos pedir é aquilo que a Sagrada Liturgia suplica a Deus: Emitte Spiritum tuum et creabuntur, et renovabis faciem terrae (Enviai o vosso Espírito e tudo será renovado, e renovareis a face da terra). Devemos pedir pelo intermédio de Nossa Senhora que Deus nos envie novamente em abundância o Espírito Santo, para que as coisas sejam novamente criadas, e purificadas por uma renovação a face da terra.

 

É hora da reação conservadora altear os horizontes e recorrer a Maria

Prof. Plinio Corrêa de Oliveira

“Diz Dante na Divina Comédia que rezar sem o patrocínio de Nossa Senhora é a mesma coisa que querer voar sem asas. Confiemos a Nossa Senhora este anelo em que vai todo o nosso coração.

“As mãos de Maria serão para nossa prece um par de asas puríssimas por meio das quais chegará certamente ao trono de Deus.

‘”Para que vos digneis humilhar os inimigos da Santa Igreja, vos rogamos, (ouvi-nos) Senhor!

“Para que vos digneis exaltar a Santa Igreja, vos rogamos, (ouvi-nos) Senhor!”

  • * * *

Para que vos digneis humilhar os presentes inimigos da Terra de Santa Cruz, que procuram por todos os meios sufocar a reação conservadora, nos vos rogamos, (ouvi-nos) Senhor!

Que Nossa Senhora Aparecida tenha pena deste seu Brasil. Ainda seremos um grande País”

Fonte: https://www.pliniocorreadeoliveira.info/LEG_430523_MesdeMaria.htm

 

Deixe uma resposta