“Veículos (mídia) avassalantes da propaganda onipotente são monopolizados e manipulados por uma pequena minoria”, assim comentava o Prof. Plinio Corrêa de Oliveira sobre a Imprensa no século XX.

         Disto, tivemos um exemplo gritante com o alarido publicitário sobre incêndios na Amazônia. Notícias alarmantes, manipulação de dados, clima emocional descontrolado sendo manipulado pelas esquerdas com o fim de denegrir o governo Bolsonaro e favorecer a intervenção na Amazônia.

Qual a razão das manchetes sensacionalistas?

          “O século XX (atualizemos o quadro para o século XXI), vive sob a ditadura da propaganda. O homem moderno já não vive de convicções solidamente argamassadas por uma reflexão madura, mas é visceralmente um impressionista e um impressionável, que se deixa levar ao sabor das sensações exteriores do momento, e, assim, a sua conduta não é congruente, mas  descreve uma linha sinuosa, de acordo com as tonalidades emocionais do ambiente.

          “Ora, estas tonalidades emocionais, hoje em dia, são criadas artificialmente pela propaganda, cujos veículos mais eficientes são a imprensa, o cinema e o rádio (atualizemos o quadro para a era digital).

            Despersonalizar o homem e levá-lo a objetivos maus

       “Ora, acontece que estes veículos avassalantes da propaganda onipotente são monopolizados e manipulados por uma pequena minoria, que lhes imprime o movimento degradante e anti-humano, movimento que se desenvolve em dois momentos: o primeiro que tende a despersonalizar o homem, a dar-lhe aquele caráter impressionista; e o segundo, que tange as massas despersonalizadas para objetivos maus, criando esta atmosfera de imoralidade e de impiedade, de nossos tempos”.

               O gigante midiático tem pés de barro!

        Continua o Prof. Plinio, mostrando que o gigante tem pés de barro: “Bastará que aquela pequena minoria seja bloqueada por todos os lados e ficará impossibilitada de continuar a fazer mal. Mais um pouco de esforço, e a máquina da propaganda acabará por cair em nossas mãos, para ser empregada no bem”.https://pliniocorreadeoliveira.info/LEG_410817_midia_desfibra.htm#.XZvDp0ZKguU

                                               * * *

Isso aconteceu! A força conservadora que tomou conta do Brasil prova que as minorias midiáticas foram destronadas.

A reação conservadora mostra que uma parcela de nossos jovens se volta para a reflexão, para os Valores Morais em busca da grandeza de nosso Brasil.

Deixe uma resposta