Manifestação de 16 de agosto
Nos últimos anos os brasileiros saíram diversas vezes as ruas em uma reação anti-socialista e anti-corrupção

Plinio Corrêa de Oliveira advertiu, em várias ocasiões, que as doutrinas e leis socialistas ou socializantes estavam criando um divórcio entre o Estado e a Sociedade, entre o Brasil de superfície (da grande mídia, do clero e dos intelectuais de esquerda…) e o Brasil profundo, esse país que é naturalmente conservador.

Durante décadas, o Brasil real foi sendo silenciado em seus anseios mais profundos. Paralelamente, uma enorme chaga moral cresceu a ponto de quase se confundir com os Poderes do Estado, influenciando as instituições.

A Reação Conservadora, que talvez tenha sido mais visível em nosso país do que em qualquer outro, teve essa dupla característica: anti-socialista e anti-corrupção. Não foram poucos os que viram que a doutrina socialista, ao negar o direito natural de propriedade, não tinha uma objeção verdadeira, de fundo moral, à corrupção endêmica que tomou conta das instituições brasileiras; mas era antes a sua companheira de viagem.

A corrupção que havia no Brasil era fruto de um projeto de Poder que se aboletou do Estado. Para denunciá-lo, foi preciso uma operação investigativa e judicial das maiores já realizadas em qualquer país do mundo.

Os estandartes do Instituto Plinio Correa de Oliveira estiveram presente em diversas marchas que o “Brasil profundo” se fez ouvir.

Agora, os derrotados nas urnas tentam abafar a reação conservadora com uma campanha sistemática de escândalos e manchetes sensacionalistas. O que desejam não é sanar eventuais abusos da Lava Jato ou das investigações, mas desacreditar essa operação e legitimar os que foram por ela condenados.

Os brasileiros, fiéis ao Cristo Redentor e confiando na proteção de Nossa Senhora Aparecida, saberemos reagir contra mais essa tentativa de desacreditar esse Brasil profundo que soube se vestir de verde e amarelo e rechaçar as falsas promessas igualitárias da esquerda.

Frederico R. de Abranches Viotti

25 de Agosto de 2019
Festa de São Luís, Rei


Considere ser um doador. O IPCO não recebe qualquer auxílio público e depende, unicamente, do seu donativo para manter suas atividades. Para saber mais, visite esse link: https://ipco.org.br/faca-ja-sua-doacao/

1 COMENTÁRIO

  1. A infiltração comunista e todos seus satélites ;marxismo, maoísmo, trotskismo, leninismo e outros tantos causando confusão e utilizando a mentira principalmente para deturpar atos legítimos e constitucionais existentes na Constituição do Brasil são o alvo preferido desses facínoras.
    O Brasil nunca deve claudicar perante essa continua ameaça e advertir aos seus cidadãos sobre os que desejam dominar com suas falácias e ameaças constantes :infiltração na Igreja Católica, e todas suas instituições que perfazem o alicerce da tradição da Família da Pátria da Nação.
    Já está na hora de utilizar no que está na Constituição : punir severamente delitos que são atentatórios a SEGURANÇA PÚBLICA E A NAÇÃO COMO UM TODO. Firme Brasil ! Deus acompanha teus passos e zela pelos bons brasileiros e também bons estrangeiros que gostam e respeitam o pais !

Deixe uma resposta