Mulher, negra e migrante: a conservadora Winsome Sears rompe a narrativa esquerdista

Winsome Sears, que nasceu na Jamaica, tornou-se a primeira vice-governadora negra da Virgínia nos Estados Unidos. É a segunda vez que uma mulher ocupa um cargo tão alto nesse estado.

Agora a unidade, os valores familiares, bem como o direito dos pais de escolher a educação de seus filhos, deram a vitória ao Partido Republicano em novembro. Com a posse de Winsome Sears, esse desejo de continuar lutando foi fortalecido.

Vitória conservadora preocupa a esquerda


O mais preocupante para a esquerda americana é que, como apontou Kamala Harris, a Virgínia poderia muito bem definir as próximas eleições no país. Assim, a vitória da direita neste estado dá um vislumbre muito positivo do que pode ser o prelúdio das próximas eleições na nação norte-americana.

Veterana, pró armas

Como veterana, ela é defensora do porte de armas e anunciou que nunca apoiará leis que as restrinjam. Da mesma forma, ela também foi a presidente nacional da Black Americans Making America First, uma coalizão que promoveu iniciativas do ex-presidente Donald Trump. Ele também o defendeu contra controvérsias e supostos comentários racistas.

***

Vejamos se as feministas, o Black Lives Matter (BLM) vão festejar essa vitória de uma negra conserdora.

Fonte: https://panampost.com/mamela-fiallo/2022/01/16/la-mujer-negra-y-migrante-la-conservadora-winsome-sears-quiebra-el-relato-izquierdista/

Deixe uma resposta