Voto auditável, ponta do iceberg: esquerda teme a força conservadora

0

As recentes manifestações populares em Cuba, contra a ditadura castrista que subjuga aquele povo há mais de meio século, são mais uma prova de que as esquerdas temem as Urnas. Seria tudo tão simples: eleições livres, candidatos de oposição, supervisão internacional e Cuba teria o governo consolidado nas eleições.

A esquerda teme as Urnas

Não há eleições em Cuba. Não havia eleições na URSS. Não há eleições na China: O PCCh escolhe … e Xi Jinping foi declarado presidente vitalício (sic) … o que não é muito diferente de ditador.

No Brasil, as manifestações da esquerda e do falso Centrão, contra o voto impresso estão à vista de todos. Por que a esquerda teme tanto as Urnas?

Respondemos com uma frase: a força conservadora tomou as Ruas, os corações, a alma do povo brasileiro.

Assine pelo voto impresso

Os resultados das eleições presidenciais americanas ainda são objetos de contestação em alguns Estados: Arizona está em fase de detalhada análise do resultado eleitoral do condado de Maricopa (mais de 2 milhões de eleitores). E os Democratas procuram, por todos os meios, impedir a verificação da “integridade eleitoral”. Michigan, Wisconsin, Pennsylvania também querem a “integridade eleitoral”. Coisa tão simples na democracia: confiança do eleitor no resultado das Urnas.

Assine: https://ipco.org.br/assine-pelo-voto-auditavel-transparencia-nas-urnas/

Nosso Site acaba de concluir a live (1152) Voto IMPRESSO AUDITÁVEL PUBLICAMENTE e as URNAS ELETRÔNICAS BANIDAS na Alemanha – ANÁLISE OBJETIVA – YouTube

***

Seja um brasileiro autêntico, patriota, cônscio dos seus deveres e do futuro da Terra de Santa Cruz: “esse ainda será um grande País”, afirmou o Prof. Plinio.

Contra as manobras da esquerda e do falso Centrão apoie nossa petição: é o futuro de nossos filhos.

(1152) Voto IMPRESSO AUDITÁVEL PUBLICAMENTE e as URNAS ELETRÔNICAS BANIDAS na Alemanha – ANÁLISE OBJETIVA – YouTube

Nossa Senhora Aparecida proteja o nosso Brasil!

Deixe uma resposta