Paterno ou Pern (em latim Paternus) nasceu na Bretanha Armórica, na França, no século V, de pais nobres e virtuosos. Estes, depois do nascimento do filho, obrigaram-se de comum acordo a observar a continência para se consagrarem inteiramente ao serviço de Deus. Entregando o menino aos cuidados da mãe, o pai transferiu-se para a Irlanda, onde viveu na prática da penitência e oração.

Quando Paterno cresceu, teve desejos de imitar o pai, e de ir viver com ele. Embarcou, seguido de alguns companheiros, para a Grã Bretanha, atravessou todo o país de Gales, e deteve-se no condado de Cardigan, onde professou a vida monástica. Não tardou que fosse escolhido como Superior dos religiosos. Construiu então vários mosteiros e igrejas, e a maior delas deveria ter depois o seu nome: Lhan-Padern-Vaur, ou igreja do Grande Paterno.

Vindo a saber que o pai ainda vivia na Irlanda, passou a esta ilha para visitá-lo, e nessa ocasião reconciliou dois reis inimigos, voltando então para seu mosteiro.

Paterno fez depois uma viagem à Palestina com os santos Davi e Teliau, e foi sagrado bispo pelo patriarca de Jerusalém, pois sua igreja de Lhan-Pater-Vaur havia sido elevada a bispado.

Passados vinte anos, tendo o rei Caradoc ido para a Bretanha por o terem os habitantes de Vannes aceitado como rei, aqueles lhe solicitaram, que Paterno, seu conterrâneo, fosse seu bispo. Desse modo o Santo tomou posse da diocese de Vannes. Lá ele se notabilizou por sua virtude e santidade.

Entretanto, como bom imitador de Nosso Senhor Jesus Cristo, ele teve que sofrer perseguições de falsos católicos. Com sua mansidão e paciência, conseguiu acalmá-los e reconciliar-se com eles. Mas resolveu deixar Vannes para ir para a região dos francos, terminando assim seus dias fora da sua cidade episcopal.

Coloca-se sua morte ordinariamente no dia 15 de abril, por volta do ano de 475. Os antigos bretões honravam sua memória nesse dia, como sendo o de seu nascimento, no dia 20 de junho, aniversário de sua sagração episcopal, e 1º. de novembro, como o dia de sua reconciliação com seus inimigos.

Gostaria de receber as atualizações em seu email?

Basta digitar o seu endereço de email abaixo e clicar em “Assinar”.

[egoi_form_sync_3]

3 COMENTÁRIOS

  1. Em menos de 24 horas, o amor a Cristo, ao belo ao sacro e a cultura venceu o ódio e a intolerância dos ‘rostos sorridentes’* perante ao incêndio na Catedral!
    “Doações para reconstruir Catedral de Notre-Dame já somam R$ 2,6 bilhões”:

    https://www.em.com.br/app/noticia/internacional/2019/04/16/interna_internacional,1046721/doacoes-para-reconstruir-catedral-de-notre-dame-ja-somam-r-2-6-bilhoe.shtml

    Eis a terrível intolerância das respostas ao trágico incêndio Notre Dame com ‘rostos sorridentes’ no Facebook:
    * https://twitter.com/PrisonPlanet/status/1117854455473397763?s=20&fbclid=IwAR1px5KbS0ZxP1HDxjodT2_gOegNa-XBNqHiUz4l2ySISt7xO4pB5HtYgyk

    Mas o amor de Cristo e o bom senso do povo triunfaram. “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.” (João 16,33)

  2. Coincidência com Notre Dame? Março de 2019 – Uma dúzia de igrejas católicas foram profanadas em toda a França durante o período de uma semana em um caso notório de vandalismo anticristão.
    https://www.breitbart.com/faith/2019/03/20/twelve-french-churches-attacked-vandalized-in-one-week/?fbclid=IwAR2l5yU5bxrtEuvexIZYTQWXPSH568U34br0IX0E8C20jkMJzw-yI3PG0D0

    Assunto similar em português: Cristofobia: doze igrejas são profanadas na França e padre é esfaqueado no Canadá: http://sensoincomum.org/2019/03/25/igrejas-profanadas-franca-padre-esfaqueado/

  3. No dia do santo francês São Paterno de Vannes, lamentavelmente acontece incêndio na Catedral de Notre Dame. “Você está acompanhando o evento da Catedral no Twitter*, e na mesma hora que a primeira noticia surgiu, não é deixar de pensar em (toda uma relação que tem a ver com o fato de um ano a França está um caos), coletes amarelos nas ruas; governo socialista; me lembrei do Museu do RJ, (logo em seguida, apareceram marxistas comemorando o incêndio). Pois bem, (tem marxistas ao berros comemorando o incêndio) na Catedral de Notre Dame, chega a dar asco. E se você (conhece alguém que ainda acha), que a entrada de muçulmanos na Europa não tem nada a ver, é coincidência. Você está (mostrando o vídeo para eles, veja quem* está comemorando) o incêndio.” Elias Eljay no Gab
    * https://twitter.com/PrisonPlanet/status/1117854455473397763?s=20

    4.779 – Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz, em Mosteiro da Esperança / Marsilac / SP, transmitida em 31/03/2019
    “Queridos filhos, (tempos difíceis virão, mas não recueis). Vossa vitória está na verdade do Meu Filho Jesus. Os (homens perversos agirão para silenciar-vos), mas não tenhais medo. Sede dóceis à Ação do Espírito Santo. Deus cuidará de vós. Quando vos sentirdes fracos, chamai por Jesus…”
    https://www.apelosurgentes.com.br/pt-br/mensagens/4779

    Para mostrar que as revelações de Nossa Senhora de Anguire não são suspeitas. uma aparição na frente dos padres em Altomonte (Cosenza) / Itália, transmitida em 20/03/2019
    A partir de 1:15 até 3:50 e Mensagem da Santíssima a partir de 34:30: https://www.youtube.com/watch?v=o19yP4nkjdM&t=2120s

    Muita coincidência, ser apenas “um acidente”* no lugar da reforma, justamente durante o caos na França:
    * https://www.youtube.com/watch?v=EKkfmd-HpVU

    “Se o mundo vos odeia, sabei que me odiou a mim antes que a vós. 19.Se fôsseis do mundo, o mundo vos amaria como sendo seus. Como, porém, não sois do mundo, mas do mundo vos escolhi, por isso o mundo vos odeia.” (São João, 15, 18-19)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here