“Parabéns pra você, querido Lula. Espero verte pronto”, escreveu Fernández. Ele ainda disse que Lula é “um homem extraordinário” e “está preso injustamente” há um ano e meio. Em agosto, o candidato visitou o ex-presidente brasileiro na cadeia”.

Fernández, ao longo da campanha e em entrevistas à imprensa argentina rebateu Bolsonaro e o classificou como “um racista, um misógino e um violento que é a favor da tortura”.                                   * * *

Cristina Kirchner, com cerca de 10 processos por corrupção, na Justiça, rivaliza com Lula. Os parceiros se entendem.

Nossa grande irmã, do Sul, Argentina, merece melhor!

É hora do Brasil liderar a reação anti esquerdas nas Américas. Cresçamos, ainda mais, do que o obstáculo que se levantou contra a regeneração moral de nosso Continente.

Fonte: https://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/2019/10/27/fernandez-parabeniza-lula-livre-eleicoes-argentina-macri-kirchner-bolsonaro.htm

Deixe uma resposta