Luis Dufaur

Alegria dos reféns resgatados pelo exército na Colômbia. A Colômbia é um país católico que estava refém da guerrilha FARC marxista-leninista visceralmente anti-cristã.

Porém, a corajosa reação do povo e de suas forças armadas se encomendando ao Sagrado Coração de Jesus antes de cada ação está reduzindo esses inimigos do país e da Igreja à uma proporção cada vez menor. E até acentuadamente menor.

O filme mostra a cena do resgate de quatro oficiais e suboficiais, entre os quais o general Luis Mendieta, o coronel Enrique Murillo, coronel William Donato e sargento Arbey Argote que passaram 12 anos em cruel cativeiro.

No vídeo podem-se ver as longas correntes com que os inumanos guerrilheiros socialistas impediam que os homens tentassem sequer a fuga.

Mais esta heróica operação bem sucedida suscitou forte desgosto nos “grupos humanitários” falsos, nos “irmãos socialistas” da guerrilha marxista na América Latina, notadamente em Caracas, Havana e Brasília, e nos adeptos da semi-falida Teologia da Libertação.

Um ambiente inteiramente oposto tomou conta das FARCs. Segundo informou o comandante do

Exército colombiano, general Oscar González, em conferência de imprensa, o chefe militar das FARC, Jorge Briceño, Mono Jojoy, ordenou o fuzilamento de aproximadamente 40 guerrilheiros responsáveis pelo cativeiro dos prisioneiros.

A informação foi obtida interceptando as comunicações dos sediciosos. “É fato, disse o general, referem-se a eles em termos supremamente vulgares, obscenos e dão a ordem de assassiná-los”, noticiou a agência suíça Swissinfo.

É com esta gente que grupos de “direitos humanos” civis e eclesiásticos acham que é possível um “diálogo” honesto e sincero!

A vitória esmagadora ‒ por volta de 70% ‒ do ex-ministro de Defensa Juan Manuel Santos no segundo turno das presidenciais, confirmou o apoio massivo dos colombianos à política de combate rijo à guerrilha narco-socialista.

Agradeçamos a Nossa Senhora de Chiquinquirá, padroeira da Colômbia, por esta ajuda providencial num momento tão crítico para o país e o “continente da esperança”.

4 COMENTÁRIOS

  1. Não podemos deixar de manifestar nossos agradecimentos ao grande homem de estado Alvaro Uribe, que deixará, em breve, a suprema magistratura da Nação.

    Rezemos a Deus para que o novo presidente colombiano, ex-ministro da defesa, continue a mesma linha de governo de seu admirável antecessor.

  2. Que maravilha de noticia! Alegria dos resgatados e acêrto de contas no arraial dos covardes…
    Falando em covardia, fazer guerrilha é simples, sequestrar um coitado que anda despreocupado pelas ruas, colocar uma bomba num trem, numa escola ou num metrô é mais simples do que dizer bom-dia. Terrorista é covarde por natureza. Porque destruir é fàcil, é fàcil empurrar bêbado na descida…
    Essa gente não constroi nada!!! Semeia a bagunça e foge para o mato. E na hora do acêrto de contas aparece um hitlerzinho que manda logo matar 40… E tem trouxas que os acompanha!
    E onde estão os comentarios inteligentes do Lula e dos petistas a respeito desses ultimos acontecimentos na Colombia??? Os amiguinhos dêles estão “falhando”, êles também fogem para o mato do silêncio. Aliàs, também està quietinho o macro capitalismo publicitario, a Folha do PT, ex Folha de Sao Paulo…
    Eu sempre digo: fazer bagunça em portão de fabrica ou roubar o cofre do Adhemar, é simples. Governar um pais é outra coisa, muito diferente.
    A Colombia mostra o caminho: é possivel reverter a situação, gente desanimada!!! Simplesmente é preciso querer.
    Viva a Colombia!

  3. Fico feliz em saber desse resgate. O que não dá para entender é esse negócio de direitos humanos. Eles ficam preocupados se tem tratamento digno e humanitário para guerrilheiros assassinos e nem pedem punição ou extinção desse grupo que pratica execuções sumárias? O que são eles? Gente interessada realmente em dar condições humanas a todos? Eu duvido. Eles estão mostrando que eles só enxergam violação dos direitos só no lado dos que combatem as FARCs. Não dá para engolir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome