Pode ser condenado a 5 anos de prisão por entrar no e-mail da esposa? Deixe seu comentário.

Fiquei confuso ao ver reportagem veiculada pelo site americano Freep.com, de 26/12/10, noticiando que um homem pode pegar até 5 anos de prisão por ter entrado no e-mail da esposa.

Leon Walker, de 33 anos, do estado de Michigan, nos EUA, usou a senha de sua esposa para entrar no Gmail e descobriu que ela estava tendo contatos com um amante. A mulher ficou sabendo da “invasão de privacidade” e processou o marido, após pedir divórcio. O julgamento será em 7 de Fevereiro.

Pergunto: Se a sentença completamente desproporcional – 5 anos! –  for confirmada contra o esposo, não será mais um caso de interferência pública inconveniente no âmbito familiar, abrindo um precedente perigoso? Tal sentença não terá um efeito sobre todas as famílias daquele estado, abalando a confiança mútua dos cônjuges, já tão vulnerada pelas leis de divórcio?

Além disso, é curioso notar o que está no fim da notícia: “Aproximadamente 45% dos casos de divórcio involvem incidentes com e-mail, Facebook e outras ferramentas online“. O que acha de tudo isso o leitor? Deixe seu comentário.

11 COMENTÁRIOS

  1. e isso que o homosexualimo propaga que a uniao de gays nao existe infidelidade. Ja entre os heteros e contrario viu so como valores estao sendo abandonados a coisa mas venerada o matrimonio esta sendo acabado. A midia de um modo geral e responsavel por essa ideologia;nesse mundo de hoje ,temos que ter sabedoria pra nao parar na cadeia. Exemplo namorei uma jovem portadora de nescesidade ela nao quis aceitar o fim do namoro; em consequencia disso me ameasou de me processar

  2. Caros Hodney e Monika.
    Embora o assunto inicial seria o caso de adultério e invasão de privacidade, fiquei bastante chateada ao ver que vocês usam termos pejorativos como mistura do nome do presidente norte-americano com oragontango e “aquele africano”. Não estou aqui pra defender ele, pois não tenho interesse em defender os EUA. Mas lembrem-se de Nossa Senhora Aparecida, que apareceu como estátua de uma negra, lembrem-se de Nossa Senhora de Guadalupe, que é mestiça de índio com branco. Vocês ofendem a Mãe de Nosso Senhor e ao próprio Jesus ao terem uma postura racista, isso não condiz com a caridade cristã, irmãos. Se o presidente americano cometeu algum erro é por culpa da personalidade individual dele, não por cor. ou etnia. Só porque alguém é homem ou mulher não quer dizer que vai ser bom ou mal governante. Pobre daquele que diz que tal governante é ruim por ser de tal sexo ou etnia. Hittler também achava que os judeus eram etnia inferior, e não esqueçam que o próprio Papa João Paulo II sofreu a perda do pai dele por causa do nazismo, e teve que fugir por causa do nazismo. Portanto, se querem falar mal de governantes, tudo bem, só não me venham dizer que não governam bem por serem te tal sexo ou grupo étnico, pois isto sim seria uma abominação aos olhos de Cristo, já que O mesmo fazia milagres até mesmo para os não judeus, discriminados na época. Se Jesus não pensasse assim, até hoje a maioria de nós não teria direito a sua redenção, o que seria uma grande injustiça,não acham? Lembrem-se do que diz na Bíblia: a caridade cobre uma multidão pecados. Espero ter me feito entender, paz e bem a todos.

  3. Tenho vontade de vomitar ao ver a que ponto chega a inversão de valores, a desproporcionalidade das penas (se é que nos EUA, quinto mundo em matéria jurídica, existe pena para adultério).
    Além disso, indústria dos danos morais e feminismo. Sim, feminismo, essa praga aborteira que desqualifica (repito: des-qua-li-fi-ca) a mulher e foi duramente condenada por João Paulo II.
    Ou vocês acham que se fosse o inverso, que se a mulher flagrasse o marido em adultério no e-mail dele o tratamento seria o mesmo nos Estados Unidos? Claro que não.
    Infelizmente esta nação marcha no mesmo rumo. Ecoo o desabafo do grande Yves Gandra: sinto-me o protótipo do cidadão discriminado no Brasil: homem, branco, heterossexual e Católico.
    Mas, contra a ameaça vermelha (PNDH-3), devemos e podemos manter-nos firmes, inclusive as valorosas mulheres Católicas missivistas neste portal, exemplos atuais das honradas damas das Sagradas Escrituras.

    Feliz e vitorioso 2011 a todos e todas!

  4. Essa é a criminosa invasão patrocinada pelo Estado contra o princípio do Direito Fundamental a Liberdade.
    O que mais me assustou foi essa barbárie ser cometida num país onde no passado, era o símbolo da democracia e, vejo, os EUA como um Estado de governo pré-totalitário contra seus cidadãos graças ao funesto Orangobama e sua Hilária.

    Hoje existe uma verdadeiro e acinte atentado aos valores morais. A vitima no caso do denunciado, apenas estava vendo o email de sua “esposa” devido seu comportamento duvidoso. Neste caso, a vitima passa a condição de criminoso. Que mundo é esse?

  5. Nesse caso dá pra ver o grande esforço para destruir as bases do verdadeiro matrimonio, segundo a lei do Nosso Senhor. A falta de confiança do marido, que ao que parece pode ser que desconfiara de algo e entrou no e-mail apenas para uma comprovação, e do pecado maior da esposa por adulterio, e ainda a falta de vergonha na cara para processar o marido por invasão de provacidade. A intromissão do estado nos assuntos familiares só piora a situaçao, com o estado é assim, quanto menos se intrometer, melhor.

  6. Lamentável a justica interferir na vida do casal.Antigamente a infidelidade era motivo de apedrejamento.Graças a Deus isso acabou,mas tb não podemos admitir que uma suspeita não seja investigada pelo homem ou pela mulher.Esse mundo está acabando pq pessoas inescrúpulas entram para universidades de direito questionáveis e para ganhar dinheiro aceitam qq situação que lhes dão dinheiro,principalmente coisas de interesse do casal.A mulher ou o homem trai e se descobertos ainda querem processar o outro pq foram descobertos.Brincadeira!Penso que no final dos tempos,Deus vai degolar em praça pública aquele idiota homem ou mulher que estando no erro(adultério ou outro crime)ainda tentam um advogado do diabo para se justificar e reinvindicar o tal de danos morais.Vai queimar no meio dos infernos!Vc e seu ou sua amante.Mas lembre-se de pedir ao diabo indenização por ter sido exposto(a) ao ridículo,quem sabe ele acende uma vela a mais pra vc.

  7. Penso no regime de comunhão escolhido para o casamento. Não existe um divisor ideal para o matrimonio, a não ser comunhão universal de bens, juntamente com o unidos na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, etc. Se o que for de um será do outro, não deveria ter nada a esconder. Mas se falta diálogo e ambos busca-o na internet… não se tem confianças suficientes um no outro. Mas assim, é assunto restrito ao casal, jamais do estado.
    Se escolheram separação de bens, por outro lado pode haver inclusão de males nessa união que não sabem como resolver. Mesmo assim a resolução é do casal.
    No caso, a esposa deve ter entrado com alguma ação contra o marido – coisas de americanos egocentricos.

  8. Salve Maria!

    Es condena a una mujer que viola el Sacramento del Matrimonio que si su esposo -con todo derecho- ante sospecha de infedelidad entra a ver los correos de su mujer. Es la decadencia de USA (junto a Inglaterra las Nuevas Babilonias), porque a los sex-shppp (que atentan contra toda dignidad), los Casinos y prostitución en cada esquina, entre otros graves males ¿no son condenables a 5 años de prisión???
    Creo que al africano que votaron los norteamericanos!!! y ahora lo deben soportar….no les debería extrañar semejante aberraciones de condenar a quien NO hizo delito alguno.
    ¡Christus Vincit!!!!!

  9. Quando o Estado começa a se intrometer nos assuntos de família as conseqüências são desastrosas. Nesses casos só mesmo a Igreja para tratar de temas morais tão profundos.

  10. Simplesmente um absurdo, os cônjuges que foram abençoados por Deus, em um verdadeiro casamento, a se unirem e a cooperarem mutuamente na educação dos filhos, terem que um ficar vigiando o outro para ver se não vai trair. Onde está a fidelidade que foi prometida no dia do casamento? É escandaloso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome