Na cidade francesa de Avignon (França), o museu Lambert está promovendo uma exposição intitulada “Eu acredito em milagres”, que contém, segundo o site indignations.org, representações ofensivas ao catolicismo.

Todas as obras desse museu são de artistas modernos e apresentam uma visão distorcida da realidade. Mais ainda, demonstram verdadeiro ódio à  fé católica. Exemplo máximo disso é o cartaz da exposição que termina no mês de maio deste ano. Peço desculpas para descrever: um crucifixo submerso em urina.

A fotografia chamada de Piss Christi é do “artista” norte americano Andres Serrano. Ela foi tirada no ano de 1987 e já provocou muita indignação nos católicos norte-americanos. Esse mesmo autor representou certa vez Nossa Senhora com seu divino Filho mergulhados também em urina.

O Piss Christ já havia sido exposto no mesmo museu em 2006, menos ostensivamente. Neste ano, curiosamente, o museu a colocou como ilustração publicitária, espalhando cartazes com a foto blásfema por toda a cidade.

Reagindo contra esta profanação religiosa, o Instituto Civitas promoveu um boicote a todos os patrocinadores da exposição e um abaixo assinado que já tem 54.000 assinaturas.

A grande mídia, “democrática” e “tolerante” – para o mal, é claro! – chamou de “vândalos” (1) os católicos que, ao verem sua fé atacada, tentaram destruir a “obra de arte”, feito que infelizmente não conseguiram.

Referências

(1) http://www.noticiasrss.com.br/Post/Default.aspx?id=35174