Enquete: No Brasil os pais deveriam ter o direito de não matricular seus filhos em escolas e educá-los em casa?

Além da superficialidade intelectual e da péssima qualidade do método de ensino, o ambiente escolar no Brasil muitas vezes se presta à iniciação de nossas crianças no mundo das drogas e da imoralidade. Para piorar, o Ministério da Educação visa estimular o homossexualismo nas salas de aula com o assim chamado “Kit anti-homofobia”.

Devido a esse avanço para o abismo, muitos pais estão preocupados com a educação de seus filhos e não querem mais vê-los obrigados a frequentar tal ambiente. Nos EUA, há mais de um milhão de adeptos do denominado homeschooling, ou seja, do ensino domiciliar. Educados em casa, os filhos são obrigados, todo final de ano, a fazer uma prova em uma escola do governo, e geralmente obtêm melhores notas do que os alunos das escolas convencionais.

No Brasil, para o Conselho Tutelar, o homeschooling trata-se de um delito: “evasão escolar”. Mas este ano uma brecha abriu-se na cidade de Maringá. Com o apoio do Ministério Público, uma família conseguiu aval judicial para educar seus filhos em casa (clique aqui para mais detalhes).

E para você, leitor, no Brasil deveria ser regulamentado e permitido aos pais educarem seus filhos em casa?