Gregorio Vivanco Lopes

Executive Editor, Newspaper Publishing

0 COMENTÁRIOS
175 POSTS
Advogado, formado na Faculdade de Direito do Largo São Francisco. Autor dos livros "Pastoral da Terra e MST incendeiam o Brasil" e, em colaboração, "A Pretexto do Combate Á Globalização Renasce a Luta de Classes".

RECENT ACTIVITY

Reflexões atualizadas sobre “direita” e “esquerda”

Importa ainda notar que a “esquerda”, mesmo tendo perdido muito de seu elã e de sua influência junto ao público, entretanto conseguiu galgar elevados postos, tanto no plano religioso quanto no temporal, o que significa um trunfo não pequeno. Ainda estamos nos albores do século XXI. Como prosseguirá essa batalha? Não sabemos. Mas o certo é que o almejado cumprimento das profecias de Fátima pode mudar todas as regras do jogo.

Nada justifica o aborto provocado

Jornais, televisões, rádios e internet noticiaram abundantemente, dias a fio, o caso de uma adolescente frequentadora de bailes funk e usuária de drogas, que sofreu um estupro coletivo no Rio de Janeiro, em 21 de maio último. Algumas notícias falam em 30 agressores, outras dizem mais modestamente tratar-se de três ou quatro. Fala-se ainda que teria sido uma guerra de gangues. No momento em que escrevemos, os fatos ainda não estão inteiramente elucidados.

Cresce o prestígio póstumo da Rainha Maria Antonieta

Maria Antonieta é cada vez mais venerada na França. Um julgamento simulado, feito em Paris por ocasião do bicentenário da Revolução Francesa, proporcionou-lhe uma estrondosa absolvição. Ela tem sido revivida em filmes, em exposições, em objetos de arte.

Modelos cristãos, modelos pagãos

A propósito de estupros que têm ocorrido ultimamente, a mídia tem colocado o assunto na ribalta. De fato, o estupro é um pecado gravíssimo, passível de penas rigorosas. Isso ninguém discute.

A conversão admirável de uma princesa

Ana de Gonzaga de Clèves, princesa palatina, nasceu em 1616.(1) Teve importante papel político na França durante a minoridade do Rei Luís XIV.