Bill Gates e a genealogia bilionária pró aborto

0

Por que Bill Gates está tão focado no aborto e na contracepção?

Tudo começou com o pai dele. O bilionário ficou fascinado ao crescer com o envolvimento de seu pai, Bill Gates Sênior, com a Planned Parenthood.

(LifeSiteNews) – Em 2003, o jornalista americano Bill Moyers fez uma pergunta a Bill Gates. Por que, Moyers queria saber, você é tão apaixonado por questões reprodutivas?

Gates considerou. “Quando eu estava crescendo, meus pais sempre estiveram envolvidos em várias atividades voluntárias”, respondeu Gates. “Meu pai era chefe da Planned Parenthood (Paternidade planejada). E foi muito controverso estar envolvido nisso. E é fascinante. ”

Fascinante, de fato. (…) a Planned Parenthood é o maior provedor de aborto do mundo. A Fundação Bill e Melinda Gates manteve o legado de Bill Gates Sênior, concedendo financiamento a organizações que distribuem a pílula abortiva, bem como à Paternidade Planejada Internacional. Como observou o ativista de direitos humanos nigeriano Obianuju Ekeocha, a Fundação Gates atende a pedidos de cuidados de saúde com contracepção – e pior.

Usando a fortuna para promover a revolução sexual

Muitos não entendem por que os pró-vida não confiam em “filantropos” como Bill Gates, George Soros e outros: como as pessoas podem se opor a homens que estão usando suas fortunas arduamente conquistadas para tornar o mundo um lugar melhor?

Aí está, é claro, a resposta: promover o aborto, as pílulas anticoncepcionais e a educação sexual da Paternidade planejada é promover o pecado, a violação à Lei de Deus. Esses homens são mais ricos do que alguns pequenos países e têm ambições de colonizadores ideológicos contra a Lei Natural e a Lei de Deus.

A Fundação Bill e Melinda Gates tem um histórico de financiamento de esforços de controle da população, e Gates afirmou que o financiamento de esforços de “saúde reprodutiva” tem sido “o principal” na lista de prioridades da Fundação Gates – especialmente “nos lugares mais pobres“. O “forte impacto” que espera ter nas audiências é convencê-las de que o aborto deve ser legalizado nas nações pobres.

O propósito deste projeto, observou o Live Action, provavelmente será “fortemente inclinado para apoiar a chamada necessidade de aborto em Bangladesh, Colômbia e Nigéria – nações pró-vida que não querem o aborto, mas estão prontas para serem escolhidas por grupos de aborto já trabalhando horas extras para legalizar o aborto em toda a América do Sul e África ”.

Servindo-se do medo e pobreza durante a Pandemia

Continua LifeSiteNews: “Pense nisso por um momento: em uma época de medo e desespero (decorrente da Pandemia), algumas das pessoas mais ricas do mundo estão dizendo a homens e mulheres empobrecidos que o que eles precisam é do “direito” e da capacidade de matar seus filhos prematuros. Com todos os problemas que a humanidade enfrenta no momento, Bill Gates e sua classe gostariam que acreditássemos que nossos filhos são o problema. Isso não é filantropia. Esta é uma justificativa sinistra para o assassinato de nossos cidadãos mais fracos, financiado pelos mais poderosos.

***

Da Caridade verdadeira deu exemplo a Santa Igreja fundando hospitais, criando obras de assistência, fundando congregações religiosas para auxiliar o próximo.

Não é violando a Lei de Deus que se conseguirá aliviar os pobres. Somente a observância dos Mandamentos levará os povos à sua plenitude, seu desenvolvimento intelectual e moral.

Pelo contrário Bill Gates, Soros e outros bilionários têm uma agenda de esquerda, antifamília e controle mundial.

Fonte: https://www.lifesitenews.com/blogs/why-is-bill-gates-so-obsessed-with-abortion-and-contraception-it-started-with-his-father/?utm_source=top_news&utm_campaign=catholic

Deixe uma resposta