Comunicado: “Zorra” da Rede Globo – Blasfêmia e cristianofobia a caminho do Satanismo

    Nossa Senhora de Fatima, pranto em Nova Orleans
    Imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima que miraculosamente verteu lágrimas em Nova Orléans em 1972

    Uma onda de ódio anticatólico, gravemente ofensiva à honra de Nosso Senhor Jesus Cristo e à de Sua Mãe Santíssima, aliada a uma expansão do satanismo, percorre atualmente várias nações da Terra.

    Recentemente, a Rede Globo teve a condenável iniciativa de dar voz e imagem,  no programa “Zorra Total”, a cenas que revelam uma condenável cristianofobia.

    O “laicismo”, até aqui apregoado como progresso alcançado pela humanidade, vai mostrando seus verdadeiros fins e suas repulsivas garras.

    Ainda agora, nos Estados Unidos, na cidade de Oklahoma, um grupo satanista planeja derramar – na véspera do Natal – sangue teatral sobre uma imagem de Nossa Senhora, misturado com pó de enxofre e cinzas. O porta-voz do grupo sentiu-se ainda livre para expelir publicamente as seguintes palavras: “o sangue é para adicionar outra camada de corrupção a Maria, que é um emblema da Igreja Católica. E já receberam autorização das autoridades municipais para consumar sua infâmia, com a única condição – um verdadeiro escárnio! – é que depois limpem o local (cfr.http://www.tfpstudentaction.org/what-we-do/news-and-updates/satanists-plan-public-attack-on-virgin-mary-catholics-respond.html)

    *                          *                          *

    Na esteira dessa onda cristianofóbica-satânica, a Rede Globo produziu três clipes escarnecendo de modo acintoso as aparições de Nossa Senhora em Fátima.

    No primeiro deles, duas mocinhas vestidas de modo bastante imoral, andando juntamente com um rapaz, deparam-se com uma aparição de Nossa Senhora de Fátima. O conjunto caricatural é grotesco. Nada poderia ser mais ofensivo à Mãe de Deus do que essa paródia das aparições.

    No segundo, a tal aparição começa revelar uma sequência de cenas de filmes já do inteiro conhecimento dos três ouvintes, que se desinteressam totalmente da aparição. Tudo numa linguagem chula e desagradável.

    O terceiro capítulo apresenta a personagem, que caricaturiza Nossa Senhora, revelando saber o que aconteceu com um jogador de futebol na Copa de 98 mas, a essa altura, chegam dois policiais dizendo que ela deve estar envolvida com a “cartolagem”, e ato contínuo conduzem à delegacia aquela figura caricata.

    2149_botao_faca_seu_protesto

    *                          *                          *

    Por que esse interesse em denegrir a Religião Católica? Por que tal sanha em macular uma devoção e uma aparição aprovadas pela Igreja? Será que o teor da Mensagem de Fátima deixa incomodados os autores dessa paródia da Rede Globo, por apontar os pecados que se cometem em larga escala hoje em dia e os castigos que lhes correspondem?

    Seja como for, é fato que a Rede Globo, infelizmente tão conhecida por propagar a imoralidade em suas novelas, deu agora mais um passo muito grave: a blasfêmia.

    A Arquidiocese de São Paulo lançou uma nota em que lamenta essa programação e diz que Nossa Senhora “é uma pessoa sagrada e não fica bem ‘fazer zorra’ da mãe dos outros, nem das pessoas e coisas sagradas.” Nossos corações de católicos esperariam uma condenação bem mais incisiva dessa blasfêmia e uma defesa bem mais calorosa da Mãe de Deus ultrajada, tendo-se em vista ser a maternidade divina o principal atributo de Maria Santíssima, o qual, aliás, está ausente no comunicado da arquidiocese paulista.

    De qualquer modo, a nota termina com uma citação do Evangelho bem apropriada: “Se alguém escandalizar um destes pequeninos que creem em mim, melhor seria amarrar-lhe uma pedra de moinho ao pescoço e jogar ao mar” (Mateus 18, 6).

    Tratando-se de matéria altamente censurável, nos dispensamos de fornecer os links para acessá-la.

    Entretanto, sugerimos com empenho a nossos leitores que faça o protesto através do botão abaixo e telefonem e escrevam à Rede Globo, reiterando sua indignação contra essa blasfêmia.

    2149_botao_faca_seu_protesto

    Seguem os dados:

    Telefone: “Fale com a Globo” – 4002-2884

    Site: www.falecomaredeglobo.globo.com

    Atualização em 27/12/2015

    Este comunicado já estava pronto, quando nos chegaram notícias de que novas blasfêmias alusivas ao Natal, envolvendo as figuras sagradas de Nosso Senhor Jesus Cristo, Nossa Senhora e São José, foram levadas ao ar pela Rede Globo, no mesmo programa, na noite de 26/12/2015. Reservamo-nos para analisá-las oportunamente, com as providências cabíveis.