Breves: O “dia seguinte” da derrota do aborto nos EUA

0

Muitos estados dos EUA proibiram o aborto após a Suprema Corte anular a decisão Roe v. Wade de 1973, em grande parte devido a “leis de gatilho” estabelecidas em antecipação à decisão histórica.

Um total de cerca de dez estados proibiu totalmente o aborto, enquanto muitos outros limitaram drasticamente o acesso ao aborto à medida que mais estados seguem o exemplo.

Clínicas de aborto fecham as portas

Clinica de aborto ou legalização do assassinato?

Como o LifeSiteNews relatou, desde a manhã de sexta-feira, as clínicas cessaram os abortos no Alabama, Arizona, Arkansas, Kentucky, Missouri, Oklahoma, Texas, Dakota do Sul, Virgínia Ocidental e Wisconsin. Os abortos foram interrompidos inicialmente em Utah e Louisiana, mas foram retomados nesta semana devido a recentes ordens judiciais.

A vingança dos pró aborto violando a liberdade

Enquanto isso, centros de gravidez pró-vida e igrejas católicas enfrentaram violência, vandalismo e até incêndio criminoso após a decisão pró-vida. A violência parece não ter um fim claro à vista, com o Departamento de Segurança Interna prevendo que os ataques terroristas podem continuar “por semanas” após a derrubada da Suprema Corte de Roe v. Wade.

***

Celebremos a vitória e trabalhemos para reverter o aborto no Brasil. Vamos reparar os crimes da gestão petista.

Fonte: https://www.lifesitenews.com/news/south-carolinas-heartbeat-abortion-ban-takes-effect-following-overturn-of-roe-v-wade/?utm_source=featured&utm_campaign=usa

Deixe uma resposta