Breves: os amigos de Petro (Colômbia) são de esquerda

0

Colômbia vota, dia 19, para escolher seu Presidente.

Uma razão para não votar em Petro: os comunistas o apoiam

Informa Panampost: “Vladímir Cerrón, Daniel Jadue, Gabriel Boric, Diosdado Cabello, Pablo Iglesias, Lula da Silva fizeram chamadas abertas para votar em Petro ou piscaram a favor desta candidatura.”


Mas, como diz o ditado, “diga-me com quem você anda e eu direi quem você é”, Petro tem um histórico que o conecta com ideias marxistas-leninistas, mesmo quando ele era membro do Movimento 19 de abril (M-19) quando defendeu um suposto socialismo democrático que rejeitava o “imperialismo”.

Boric, presidente do Chile apoia Petro e sabe por quê

A esquerda torce por Petro

Por sua vez, no início de junho, o presidente chileno fez declarações a esse respeito. “Você sabe onde estão nossos corações”, disse ele. Ele não negou sua proximidade com Petro, que esteve em sua posse em 11 de março. Na ocasião, os dois se conheceram e tiraram a foto icônica fazendo a figura do coração, aludindo à campanha de Petro, que – aliás – ele havia postado em sua conta no Twitter há alguns meses.

Da Venezuela, a ditadura chavista quis se mostrar à margem do processo eleitoral colombiano, mas não pôde evitar que vazassem piscadelas, como a de Diosdado Cabello, número dois do regime, que defendeu Francia Márquez por afirmações de que “eles apontaram o dedo para ela.” laser em um evento de campanha.

O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, decidiu defender Gustavo Petro com unhas e dentes para o segundo turno.

***

O artigo cita outras fontes de esquerda apoiando Petro. Isso é suficiente para querermos a derrota de Petro, no segundo turno, a fim de que a Colômbia se alinhe aos países livres, a favor da família, da propriedade, dos Valores Morais.

Fonte: https://panampost.com/oriana-rivas/2022/06/18/no-votar-por-petro-esta-con-comunistas/

Deixe uma resposta