Início Brasil Leis e Ações Legislativas

Leis e Ações Legislativas

Perseguição Religiosa a nível mundial

O PNDH-3 se insere num contexto de Perseguição Religiosa Mundial! Eis o que um importante político italiano - aliás, ateu - e escreveu há...

Está no Youtube. Acredite se quiser…

Conferência em 7 partes do Ministro Paulo Vanucchi sobre o PNDH-3. É interessante ver a filosofia que está por detrás: Segundo o raciocínio do ministro, há um...

PNDH-3: Uma tempestade se forma sobre o Brasil

Uma tempestade se forma sobre o Brasil O PNDH-3 subverte as instituições pátrias em prol da sovietização Os alarmes soaram e muitas críticas ao Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH-3) se fizeram ouvir. Mas, até agora, elas não tiveram outro efeito prático que atalhar a revogação da Lei de Anistia, de 1979. Ora, o texto, aprovado por decreto do Presidente Lula, é enorme e aponta para o estabelecimento de um poder paralelo, absolutamente subversivo. Não recuamos diante do dever de alertar para o fato de que se trata de um programa de sovietização do Brasil, com o estabelecimento de uma espécie de ditadura de grupos ditos “marginalizados”, que se sobreporiam aos poderes constituídos.
video

Ives Gandra fala do PNDH e do Aborto

Para aqueles que combatem o PNDH é muito importante assistir a essa lúcida entrevista do Prof. Ives Gandra Martins. Sua linguagem é muito clara....
video

Valente denúncia do Deputado Paes de Lira – PNDH 3

O Dep. Paes de Lira foi um dos primeiros parlamentares a se pronunciar sobre o Plano Nacional de Direitos Humanos (PNDH). Assista estas importantes...
Ontem com o possível amanhã

No ‘Império dos Direitos Humanos’

Como será a vida do brasileiro quando o Plano Nacional de Direitos Humanos for inteiramente desenvolvido? É difícil imaginá-lo posta a radicalidade incubada no PNDH-3. O próprio presidente Lula encarregou-se de adiantar um exemplo de certos aspectos ‒ aliás de pesadelo ‒ desse anti-Brasil em gestação.

O “Velho Índio”, o “Novo Índio” e os Direitos Humanos

Quem não entendeu a diferença entre o “velho índio” e o “novo indio”, nada sabe sobre os indígenas. O “velho índio” corresponde à idéia que fazemos (ou fazíamos) deles. É geralmente um silvícola, um habitante das selvas. É um bárbaro no sentido próprio. É um homem rijo, primitivo, de tanga, queimado pelo sol. Se armado, usa tacape, arco e flecha. Na cabeça, um cocar com penas de várias cores.

Controlando Até a Respiração:

O PNHD-3 garante “o direito humano ao meio ambiente e às cidades sustentáveis”. A promessa não poderia ser mais abrangente. Em sã lógica inclui outros direitos como ao ar, à água, ao sol, à chuva, etc. De tão genérico dir-se-ia inócuo. Porém, o Estado, segundo o PNDH-3 assume “promoção e defesa dos Direitos Humanos”, e fica erigido como regulamentador e controlador da efetivação desses direitos. É a fórmula “direito do cidadão e dever do Estado” que até está inscrito em cada veículo de transporte público de São Paulo.

Al-Corão dos “Direitos Humanos” ?

Al-Corão dos "Direitos Humanos" ? Terroristas do grupo anarco-autogestionário e separatista basco ETA treinaram por volta de 100 guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em território venezuelano, revelou reportagem do diário de Madri “El País”.

Mais lidos