Chávez, o reformador

Chávez caminha para o total socialismo Venezuelano.

Paulo Henrique Chaves

Caracas – Na sua contumaz luta pela Reforma Agrária, Chávez interveio em mais dezenas de fazendas na província de Mérida.

“Essas terras não são dos proprietários. Essas terras são do Estado, que eles ocuparam. Eles roubaram a terra com violência e mataram muita gente para roubar a terra”, disse Chávez.

Chávez alega “acabar com o capitalismo explorador” e deixar a terra nas mãos dos “pobres, dos bóias-frias, de quem precisa”.

As expropriações de terras e fazendas na Venezuela já ultrapassaram os 2,3 milhões de hectares.

A maior câmara empresarial do País apresentou ao Supremo Tribunal de Justiça pedido de “proteção constitucional” contra as expropriações em massa que Chávez está conduzindo.

As nacionalizações e expropriações ordenadas por Chávez já afetaram a empresas do setor petrolífero, elétrico, telefônico, agrícola, industrial, siderúrgico, imobiliário e financeiro.