A China praticamente completou a restauração do porta-aviões soviético Varyag, da classe Kuznetsov, comprado em 1998.[foto]

Ele servirá para treinamento de seus novos aviões de combate e de know-how para a futura construção de porta-aviões nucleares próprios. Segundo Andrei Chang, chefe do Kanwa Information Centre, que monitora o desenvolvimento militar de Pequim, o navio foi completamente renovado, e sua pista adaptada para receber os mais modernos jatos.

O Exército do Povo — que era a menina dos olhos de Mao Tse-tung — é alimentado por um gigantesco orçamento, engrossado com dinheiro despejado pelo Ocidente na China através do comercio internacional.

Fonte: revista Catolicismo, Abril de 2011.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome