Covid-19: Ivermectina salva na Índia; a mídia ficará em silêncio?

4

O leitor notou que a Mídia baixou o tom quanto ao perigo da covid-19 na Índia? E qual é a razão?

Recebemos de um amigo indiano, residente em Goa, a explicação.

“Apenas três semanas após adicionar ivermectina, Delhi agora lidera a Índia para sair do segundo aumento mortal da pandemia de COVID. Os casos que atingiram o pico de 28.395 em 20 de abril despencaram quase 80% para apenas 6.430 em 15 de maio. As mortes chegaram ao pico em 4 de maio e agora também caíram 25%.

Continua: “Em 10 de maio, o estado indiano de Goa adotou uma política ainda mais ambiciosa de ivermectina preventiva para todos os adultos do estado. O ministro-chefe de Goa é o Dr. Pramod Sawant, um médico progressista de 49 anos persuadido pela ciência. Em particular, ele leu as robustas meta-análises do Dr. Tess Lawrie do Dr. Pierre Kory e do Dr. Andrew Hill. Como resultado direto, Goa viu uma queda nos casos de 3.124 no dia após o anúncio para 1.314 cinco dias depois.”

Decaem as infecções na Índia por 3 semanas. Fonte do gráfico: https://www.worldometers.info/coronavirus/country/india/

Enquanto isso, três outros estados indianos seguiram o exemplo de Goa na adição de ivermectina: Uttarkhand, Karnataka e Uttar Pradesh. E, como esperado, eles viram uma queda em novos casos diários também, com Uttar Pradesh caindo quase 75% de um pico de 37.944 apenas quatro dias depois de começarem a seguir a orientação para apenas 10.505 em 16 de maio.

Estados que negam a Ivermectina

A trágica história de tudo isso é que o estado indiano de Tamil Nadu empossou um novo líder em 7 de maio de 2021. Ele repentinamente reverteu a decisão do estado de adotar a ivermectina. (…) Antes de assumir o poder, as mortes de COVID caíram 14 vezes para quase nada com o uso de ivermectina. No entanto, depois que Sagasti foi eleito, a ivermectina foi interrompida e as mortes aumentaram 13 vezes.

Ou seja, a situação da saúde pública na Índia, ainda seria melhor se os fanáticos anti ivermectina, anti tratamento precoce ouvissem o bom senso, a experiência dos médicos do front.

***

Também, no Brasil, temos os inimigos da Ivermectina, do tratamento precoce. Qual a consequência dessa desastrosa medida anti sanitária? Inflação do número de infecções e mortes.

Cogitou-se até, na CPI da Covid, proibir médicos de prescrever medicamentos … sem comprovação científica. Felizmente, o bom senso prevaleceu graças à reação em todo o Brasil contra essa medida ditatorial.

Veremos se a Mídia alinhada vai noticiar essa vitória da Índia sobre a covid-19 promovendo o tratamento precoce e a prevenção.

Fonte: https://www.thedesertreview.com/opinion/letters_to_editor/ivermectin-crushes-delhi-cases/article_31f3afcc-b7fa-11eb-9585-0f6a290ee105.html

4 COMENTÁRIOS

  1. A imprensa continuará calada. Só se manifestará para criticar o remédio, sempre que houver oportunidade. De nossa parte, o melhor a fazer é visitar a farmácia e, de antemão, adquirir umas caixas de Azitromicina, Bosonida e Ivermectina, pelo sim, pelo não. Hoje, a imprensa se cala. Amanhã, pode ser que o governo proíba a aquisição desses medicamentos.

    • Perfeito. Sempre temos um médico amigo que nos orienta e tem a liberdade de prescrever a hidroxicloroquina, ivermectina, azitromicina … Fui curado, e varios amigos também, sem pisar em hospital, com o tratamento precoce. Políticos de esquerda, midia e a CPI da Covid vão passar para a História como genocidas.

Deixe uma resposta