Cristãos decapitados para o Natal, o Ocidente volta a dormir, um importante artigo em Gatestoneinstitute.org

 

“Até agora, 900 igrejas no norte da Nigéria foram destruídas pelo Boko Haram. Pelo menos 16.000 cristãos foram mortos lá desde 2015. Foto: A primeira missão da Igreja Africana queimada em Jos, Nigéria, em 6 de julho de 2015. (Foto por AFP via Getty Images)

“Martha Bulus, uma mulher católica nigeriana, estava indo para sua festa de noiva quando foi sequestrada por extremistas islâmicos do Boko Haram. Martha e seus companheiros foram decapitados e sua execução filmada.

“O vídeo dos assassinatos brutais desses 11 cristãos foi lançado em 26 de dezembro para coincidir com as celebrações de Natal.

“É uma reminiscência das imagens de outros cristãos vestidos com macacões laranja dobrados de joelhos em uma praia, cada um sendo mantido por um jihadista mascarado, vestido de preto segurando uma faca em suas gargantas. Seus corpos foram descobertos em uma vala comum na Líbia”.

“No dia seguinte à decapitação dos cristãos na Nigéria, o Papa Francisco admoestou a sociedade ocidental. Sobre cristãos decapitados? Não.

O Ocidente dorme. E o Vaticano tambem?

Com acerto pergunta gatestoneinstitute: até quando o Ocidente vai dormir? Quando chamará pelo nome certo essa perseguição como genocídio?

A chanceler alemã Angela Merkel afirmou que a sua prioridade será combater as alterações climáticas. Ela não mencionou cristãos perseguidos.

Macron está preocupado com os incêndios na Amazônia … “em seu discurso de meio de inverno não foi sequer capaz de dizer “Feliz Natal”.

“Coloque (de lado) seus telefones, fale durante as refeições”,” disse o Papa. Ele não falou uma única palavra sobre a execução horrível de seus irmãos e irmãs cristãos.

“Poucos dias antes, o Papa Francisco pendurou uma cruz cercada por um colete salva-vidas em memória de migrantes que perderam suas vidas no Mar Mediterrâneo. Ele não comemora (lembra) a vida dos cristãos mortos por extremistas islâmicos, mesmo com uma menção”.

  • * * *
  • No início de dezembro, outro bispo africano, Justin Kientega, de Burkina Faso, disse: “Ninguém está nos ouvindo. Evidentemente, o Ocidente está mais preocupado em proteger seus próprios interesses”.
  • “Os livros de história do futuro não olharão amavelmente esta traição ocidental — dependendo de quem os escrever. O fim dos cristãos do Oriente será um desastre para a Igreja no Ocidente. Eles não terão mais ninguém vivendo em seu próprio berço da civilização.
  • Além de Boris Johnson, Victor Urban na Hungria, também o Brasil participa da Aliança Internacional de Liberdade Religiosa cujo foco tem sido a crescente perseguição sofrida por cristãos em todo o mundo. Mais do que necessário um pronunciamento enérgico pela liberdade dos católicos perseguidos, em particular, na África e Oriente Médio.

E a China de Xi Jinping continua em sua cruel perseguição aos católicos.

Fonte: https://www.gatestoneinstitute.org/15369/christmas-christians-beheaded

1 COMENTÁRIO

  1. […] Nosso Site já publicou um artigo sobre a perseguição à Igreja (e decapitação de católicos) na África, na Oriente. Mas o Ocidente, ex cristão, também se volta contra o Menino Jesus, vandaliza igrejas na Itália e, mais perto de nós, no Chile. https://ipco.org.br/cristaos-decapitados-enquando-o-ocidente-e-o-vaticano-dormem/ […]

Deixe uma resposta