Cruzada pela Família em defesa da moral de nossos filhos

De 3 de janeiro a 3 de fevereiro de 2012, o Instituto Plinio Corrêa de Oliveira promoveu mais uma caravana de férias. Desta feita tratou-se da Cruzada pela Família, em defesa da instituição familiar e da moralidade de nossos filhos.

Tendo-se iniciado no Distrito Federal e percorrendo mais de 20 cidades de quatro Estados (GO, MG, RJ e ES), os 32 jovens voluntários que a compunham divulgaram dois livros de autoria do Padre David Francisquini: Homem e mulher Deus os criou e Catecismo contra o aborto. Ambos para combater os dois grandes inimigos atuais da família: o aborto e a propagação do homossexualismo.

A campanha do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira naturalmente desagradou abortistas e defensores do homossexualismo, mas encontrou acolhida simpática por parte da maioria do público.

A receptividade deste aos objetivos da campanha comprovou que a maioria esmagadora da população brasileira rejeita tanto a agenda do movimento homossexual como o assassinato de seres inocentes e indefesos no seio materno. Foram divulgadas mais de 5.000 obras.

A coragem e a ufania dos caravanistas em defesa da moral católica — apresentada de modo doutrinariamente sólido, e ao mesmo tempo ordeiro e pacífico — animou todos aqueles que compartilham essas posições. E também os que, de alguma maneira, estavam receosos de se manifestar por receio de represálias. Tal receio é motivado muitas vezes pela pressão que órgãos da mídia exercem a favor do aborto e de práticas homossexuais.

A caravana demonstrou que, se soubermos defender nossos ideais com sólidos argumentos, coragem e dentro da legalidade, levantar-se-á um obstáculo consistente contra os que pretendem minar e destruir a instituição familiar em nossa Pátria, batizada como Terra de Santa Cruz.