Notícia da folha.uol relata que a Ministra Damares cancelou a obra de um memorial da anistia. E não faltam razões para isso.

“A obra já custou R$ 26 milhões —cinco vezes mais do que o previsto inicialmente. Na quinta (12), a Polícia Federal indiciou 11 pessoas sob suspeita de crimes de associação criminosa, estelionato, falsidade ideológica, peculato, desvio, concussão e prevaricação nas obras inacabadas do memorial”.

A Polícia Federal afirma ter um robusto conjunto probatório. A previsão inicial era de 5 milhoes e chegou a 28 milhoes, quase 6 vezes mais do que a proposta. A verba veio de um decreto assinado em 2009 pelo então presidente Lula.

 “Em resposta ao MPF o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos afirma “que a construção de um Memorial da Anistia é “contraditória nos seus termos”, já que anistia “significa ‘esquecimento’”. “Um Memorial da Anistia seria algo como o Memorial do Esquecimento”, diz o texto”.

Acrescenta Damares: “Seria no mínimo inconsequente dar continuidade à obra sem a apuração das responsabilidades”.

* * *

Nosso apoio à Ministra Damares, vamos apurar as responsabilidades e investir naquilo que pode engrandecer o Brasil.

Fonte: https://www1.folha.uol.com.br/colunas/monicabergamo/2019/09/damares-diz-nao-ter-dever-algum-de-custear-construcao-de-memorial-da-anistia.shtml

 

Deixe uma resposta