21 de maio

1358: – Início das Jacqueries, revoltas camponesas, na França, cujos membros assassinavam os nobres, no fim da Idade Média.

1499: – Visando povoar as terras descobertas, os Reis Católicos concedem liberdades aos que viajem para o Novo Mundo.

1822: – No México, Agustin de Iturbide, que havia dado um golpe de Estado, jura como imperador no Primeiro Império Mexicano.

1871: – Adolfo Thiers, primeiro ministro francês, lança 100 mil homens contra Paris, que estava sob o controle da Comuna, com ordem de submetê-la a sangue e fogo. Apesar da resistência, os revoltosos acabam porém sujeitando-se, sendo fuzilados em massa. Paris ficará livre no dia 28.

1919: – Nos Estados Unidos, a Câmara dos Representantes autoriza o sufrágio feminino.

9147: – Em Paso de los Libres e Uruguaiana, os presidentes Peron e Gaspar Dutra inauguram a Ponte Internacional, que havia sido liberada ao público dois anos antes.

1951: – Soldados americanos do batalhão Columbia partem para a Coréia sob a bandeira das Nações Unidas, e rechaçam os comunistas ao norte do paralelo 38.

– Na Hungria comunista são encarceradas 65 mil pessoas, pelo crime de terem formado parte da antiga burguesia.

1956: – Os Estados Unidos testam nas Ilhas Marshan, em meio ao Oceano Pacífico, sua bomba de hidrogênio.

1963: – A Universidade Lomonosov, de Moscou, nomeia Fidel Castro doctor honoris causa.

1968: – Na França, no Maio 1968, dez milhões de cidadãos acodem à convocatória de greve, e se produzem importantes enfrentamentos entre estudantes e policiais.

1969: – Em Los Angeles, o assassino de Robert Kennedy, Sirhan Bishara Sirhan, é condenado à morte.

Degolamento é punição mor do islamismo. Aplica-se para crime de pensamento (crime político) ou crime comum, justificam em várias passagens do Alcorão bem como na Tradição de Maomé (Sunnah). Por exemplo, Alcorão 8:12 e 47:4. Maomé ordenou a degola de entre 600 a 900 pessoas (dependendo da fonte) em uma única noite, assistindo as execuções, enquanto os corpos decepados eram jogados em uma trincheira cavada no chão.

1972: – Na Basílica de São Pedro, no Vaticano, um demente com um martelo atinge o rosto da Virgem da Piedade, esculpida em 1499 por Miguel Angel.

1978: – Peregrinação de 500 membros da TFP a Aparecida em desagravo ao sacrílego atentado contra a Imagem Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil.

1982: – Guerra das Malvinas. Desembarque das tropas britânicas no território, com a tomada do porto de San Carlos às forças argentinas. Há 22 mortos.

1991: – Morre num atentado a bomba o ex primeiro ministro indiano Rajiv Ghandhi, quando participava de um comício em Sriperumbudur, perto de Madrás e, com ele, mais 18 pessoas.

1995: – Em Olomuc, mea culpa de João Paulo II pelos “erros e pecados” contra os protestantes, “excessos” da Contra-Reforma e da Inquisição.

1996: – Fanáticos muçulmanos degolam ritualmente sete monges trapistas na Argélia.

2013: – Abdica o rei Alberto II da Bélgica, alegando motivos pessoais. Assume o filho Filipe I.

Deixe uma resposta