Efemérides – 22/05

0

337: – Falece Constantino I, o Grande, e deixa seu Império a seus três filhos, Constantino II, Constâncio e Constante. Ele foi imperador de 306 a 337, o primeiro convertido ao cristianismo.

1671: – Na França, Luís XIV outorga a carta de fundação da cidade de Versalhes.

1774: – O espanhol Francisco de Orduña toma posse das Ilhas Malvinas, no Oceano Atlântico.

1819: – O Savannah inicia na Geórgia, Estados Unidos, a primeira travessia do Atlântico por um navio a vapor, que terminará em Liverpool, no Reino Unido.

1930: – Num teatro da cidade de Schenectady, no Estado de Nova York, é apresentado, pela primeira vez, um espetáculo de televisão.

1938: – Durante a Guerra Civil Espanhola, produz-se a fuga do forte São Cristóvão, de Pamplona, uma das mais massivas e sangrentas na história das fugas carcerárias.

Em 1939, Alemanha e Itália assinam o “Pacto de Aço”, aliança militar e econômica entre os dois países.

1939: – A Alemanha e a Itália assinam, em Berlim, o “Pacto de Aço”, verdadeira aliança militar entre os dois países.

1972: – Richard Nixon chega a Moscou na primeira visita de um presidente americano à União Soviética.

1978: – A Itália publica na “Gazetta Ufficiale”, a legalização do aborto.

1986: – É lançada a primeira edição em língua inglesa do jornal soviético Pravda.

1988: É publicado na Folha de São Paulo o manifesto da TFP: “I – A Reforma Agrária socialista e confiscatória, uma guerra perdida pelos proprietários, pelos trabalhadores do campo, pela agricultura nacional…e pelo Brasil”.

1997: – Kelly Flinn, primeira mulher piloto de guerra dos Estados Unidos, é expulsa da Força Aérea por adultério e desobediência.

2001: – As pulseiras eletrônicas começam a ser usadas como alternativa à prisão preventiva.

2003: – A ONU levanta o embargo econômico ao Iraque, e outorga um mandato indefinido às forças ocupantes, até o estabelecimento de um governo “representativo”.

2007: – A edição brasileira de “Contos e lendas de Macau”, de Alice Vieira, é distinguida com o Prêmio Henriqueta Lisboa, da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) para a melhor obra de literatura em língua portuguesa nessa área.

2009: – Uma mulher de 66 anos com câncer terminal, torna-se a primeira pessoa a morrer ao abrigo da nova lei sobre suicídio assistido do Estado de Washington.

2013: – Um soldado britânico é morto a marteladas por dois muçulmanos em Woolwich, no sudeste de Londres.

2015: – A Irlanda aprova, em referendo, o “casamento” homossexual.

Deixe uma resposta