26 DE JUNHO

1963: – Durante a Guerra Fria, John F. Kennedy, presidente dos Estados Unidos, visita Berlim, e proclama, junto ao Muro, “Ich bin ein Berliner” (“Eu sou um berlinense”). Na ocasião Kennedy estava enfatizando o apoio dos Estados Unidos à Alemanha Ocidental, 22 meses depois do Estado comunista da Alemanha Oriental, aliado da União Soviética, ter erguido o Muro de Berlim.

1966: – É publicado na imprensa o manifesto “A TFP e a investida divorcista no Brasil”, que aplaude a retirada do projeto divorcista.

Suprema Corte dos EUA, lá e cá uma só revolução cultural sob as dobras da toga.

1988: – Em Salzburg, João Paulo II contradiz o arcebispo Leopoldo de Firmian que, em 1731, expulsou 30.000 protestantes dessa diocese.

2000: – O Vaticano publica o que seria o terceiro segredo de Fátima, e que se referiria ao atentado de João Paulo II em 1981, e à luta do comunismo contra a Igreja.

2003: – O Tribunal Supremo dos Estados Unidos declara inconstitucionais as leis que castigam a homossexualidade.

2015: – A Suprema Corte dos Estados Unidos aprova o “casamento” homossexual em todo o país.

Deixe uma resposta