28 de junho

1519: – O rei da Espanha, Carlos I, é nomeado pela Dieta de Francfurter, Imperador do Sacro Império Romano Germânico, com o nome de Carlos V.

1712: – Nascimento de Jean-Jacques Rousseau em Genebra. Filósofo, teórico político e escritor iluminista, suas idéias influenciaram a Revolução Francesa. Em sua obra mais importante “O Contrato Social”, desenvolve sua concepção de que a soberania reside no povo.

1762: – No Império russo, Catarina a Grande é coroada czarina de todas as Rússias.

1838: – Em Londres, Alexandrina Vitória é coroada rainha do Reino Unido e da Irlanda, com o nome de Vitória I. Ela sobe ao trono após a morte de seu tio, o rei Guilherme IV.

1859: – Em Newcastle-upon-Tyne, na Inglaterra, se produz a primeira Exposição Canina da história.

1895: – El Salvador, Honduras e Nicarágua formam a “República da América Central”.

1902: – O Congresso dos Estados Unidos aprova a lei Spooner, que autoriza o presidente a comprar, por 40 milhões de dólares, a concessão do Canal do Panamá, pela quebra da antiga companhia do Canal Interoceânico.

1914: – Em Sarajevo, o anarquista Gavrilo Princip assassina o arquiduque Francisco Fernando e sua esposa, Sofia Chotek. Isto será a espoleta da Primeira Guerra Mundial.

1918: – O Governo soviético nacionaliza a indústria.

1919: – Tratado de Versailhes extingue os impérios austro-húngaro, alemão, russo e otomano, no fim da I Guerra Mundial. Por esse Tratado, a França anexa as regiões da Alsácia e da Lorena, junto com as cidades de Estrasburgo e Metz, anexação essa reconhecida pela Alemanha.

1931: – Primeiro artigo de Plinio Corrêa de Oliveira em O Século. Durante mais de um ano ele escreveu “A Nota da Semana”. Depois foi redator chefe do órgão.

1939: – A companhia Pan American Airways inicia o primeiro vôo regular de passageiros sobre o Atlântico, entre Long Island (Nova York), e Marselha, na França.

1942: – Durante a II Guerra Mundial, o exército alemão começa a “Operação Azul” (Fall Blau, em alemão), com a intenção de invadir os poços petrolíferos soviéticos no Caucaso.

1945: – Na Polônia, o Governo de Unidade Nacional, aliado da URSS, forma-se um dia depois do Dia da Vitória na Europa.

1950: – Na Guerra da Coréia, Seul é capturada pelas tropas norte-coreanas.

– A China comunista confisca as grandes propriedades territoriais e requisita às da Igreja.

1956: – Tem início a revolta anti-soviética em Poznam, esmagada impiedosamente pelo Exército vermelho.

1967: – Israel anexa Jerusalém Este.

1969: – Em Nova York, começam os distúrbios de Stonewall, discussões em pro e contra os direitos dos transexuais e homossexuais, ocorridos em torno do bar Stonewall Inn.

1976: – A justiça angolana sentencia à morte mercenários britânicos e americanos que ajudavam a oposição anticomunista.

1986: – O Prof. Dr. Plinio envia telex sobre a situação nacional a João Paulo II pouco antes da visita em que o presidente Sarney buscava um aval pontifício para a Reforma Agrária no Brasil. O presidente saiu da entrevista com o Pontífice em pranto.

1987: – Pela primeira vez na história, a população civil de uma cidade, Sardasht, no Irã, é bombardeada por aviões iraquianos com bombas químicas. O número de vítimas incialmente era de 10 civis mortos e outros 650 feridos.

1994: – O banqueiro mexicano Alfredo Harp é libertado após 106 dias de seqüestro, e de pagar o resgate de cerca de 30 milhões de dólares.

1997: – Em Valle Grande, na Bolívia, são achados os restos do guerrilheiro argentino-cubano Ernesto Che Guevara e de alguns de seus companheiros, mortos em 1967.

O partido de Kirchner saiu derrotado das eleições legislativas e o ex-presidente da Argentina e líder do partido peronista, Nestor Kirchner, renuncia à Presidência do Partido Justicialista, a maior legenda do país

1999: – I Cúpula de mandatários da União Européia, América Latina e Caribe, que aprova a Declaração do Rio e um Plano de Ação, destinado a forjar uma associação estratégica.

2000: – Depois de muita polêmica, o menino balseiro Elián Gonzalez regressa à Cuba comunista com seu pai, partidário do regime, depois de permanecer sete meses nos Estados Unidos, e ser objeto de uma batalha legal, familiar e política por sua custódia.

2007: – Na Colômbia, 11 dos 12 deputados que foram seqüestrados em 11 de abril de 2002, são assassinados pelas FARCs.

2009: – O Parlamento de Honduras destitui o presidente do país, Manuel Zelaya, que é detido pelo Exército e deportado para a Costa Rica.

– Derrota eleitoral dos Kirchner, na Argentina, em todos os pontos, põe fim a um governo socializante absoluto de ambos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here