CâmaracuritibaPME

Curitibanos, agora é a nossa vez de defender a instituição da Família!

Segunda-feira (15) será votado o Plano Municipal de Educação (PME) em Curitiba. Este plano contém a Ideologia de Gênero, que, aliás, já tinha sido rechaçada no Congresso Nacional.

Em nossa cidade está marcada a votação nas comissões de Legislação, Justiça e Redação, às 8h30, e de Educação, Cultura e Turismo, às 14h30.

Convide seus amigos e familiares e compareça para protestar contra a inclusão da Ideologia de Gênero no PME de Curitiba, é nosso dever manifestar, de maneira ordeira e pacifica, nosso repudio a este intento.

Vamos encorajar nossos vereadores, pois eles também sofrem várias formas de pressão, e não podemos correr o risco da imposição implacável de costumes imorais, contrários à lei natural e divina.

Dia 15 de Junho, segunda-feira às 8:30 horas

Comissão de Legislação, Justiça e Redação.

Sala 1 das comissões (localizada no subsolo do Palácio Rio Branco)

Câmara Municipal de Curitiba – Rua Barão do Rio Branco, 720

——————————————————————————————————-

Dia 15 de Junho, segunda-feira às 14:30 horas

Comissão de Educação, Cultura e Turismo

Sala 1 das comissões (localizada no subsolo do Palácio Rio Branco)

Câmara Municipal de Curitiba – Rua Barão do Rio Branco, 720

————————————————————————————————————-

Veja neste link o vídeo de como foi a votação em São Paulo e, abaixo, leia a notícia publicada no site da Câmara de Curitiba.

Comissões analisam plano municipal de educação na segunda-feira

O Plano Municipal de Educação (PME) será analisado na próxima segunda-feira (15) em reuniões extraordinárias das comissões de Legislação, Justiça e Redação, às 8h30, e de Educação, Cultura e Turismo, às 14h30. As diretrizes e metas do plano estão detalhadas no projeto de lei do Executivo (005.00129.2015), protocolado na Câmara de Curitiba em 29 de maio. O documento possui 43 páginas.

Na esteira do Plano Nacional de Educação (PNE), o municipal alinha as diretrizes de Curitiba com as federais e formula, a partir delas, 26 metas para serem cumpridas até o ano de 2025. Um exemplo é universalizar a educação infantil na pré-escola (4 a 6 anos) até o ano que vem e ampliar para 100% o atendimento nas creches (até 3 anos) durante a vigência do PME, que é de 10 anos (de 2015 a 2025).

Das 26 metas, sete estão relacionadas ao funcionalismo e à melhoria das condições de trabalho. Nessa lista, está a redução do número de alunos por turma, o incentivo à formação complementar dos educadores e professores, até a pós-graduação, aumento progressivo do pagamento da hora-atividade e mais contratações para o setor.

O relator da matéria no colegiado de Legislação é Felipe Braga Côrtes (PSDB). A reunião será às 8h30, na sala 1 das comissões (localizada no subsolo do Palácio Rio Branco). Presidida por Pier Petruzziello (PTB), a comissão ainda é formada por Bruno Pessuti e Carla Pimentel, do PSC; Colpani (PSB), Cristiano Santos (PV), Julieta Reis (DEM), Toninho da Farmácia (PP) e Valdemir Soares (PRB).

A relatoria do projeto de lei da prefeitura na Comissão de Educação será definida após a análise do colegiado de Legislação. A agenda acontece às 14h30, também na sala 1. O colegiado tem Professor Galdino (PSDB) na presidência; além de Chico do Uberaba (PMN), Geovane Fernandes (PTB), Mauro Ignácio (PSB) e Tiago Gevert (PSC).

https://www.cmc.pr.gov.br/ass_det.php?not=24916